Publicidade

Publicidade
11/05/2009 - 18:41

Arrumando a casa

Compartilhe: Twitter

Ainda temos que arrumar algumas coisas. Os comentários estão com a fonte preta em um fundo preto; logo, não dá para ler direito. Mas estão lá. Aos poucos, vamos tornando isso aqui bonitinho e ordinário.

Foi pedido pelo Victor, nosso solerte editor-em-chefe, uma pequena apresentação. A minha seguiria algo na linha “colorado, nascido em Novo Hamburgo, estudante de jornalismo e redator do GP desde outubro de 2007 (caramba, faz tempo)”. Mais do que isso é querer falar demais de mim e, acreditem, não é o caso.

Até porque quem fala demais acaba sempre se estrepando. Como Barrichello. Sinceramente, não sei mais o que pensar dele. Sempre o defendi, pois sempre vi nele um bom piloto e, naqueles primeiros anos pós-Senna — tenho 24 anos, e só tinha 9 em 94 —, ele era o cara por quem torcer nos domingos.

Por isso, talvez, aquela coisa meio infantil de ver um cara que te motivava a acordar cedo e ver carros correndo tenha durado tanto tempo. Mas não dá mais. Primeiro, porque não cabe: hoje, eu trabalho com isso, e ficar demonstrando torcida por QUALQUER piloto é roubada e tira a isenção do que eu faço. Segundo, porque cansou.

Cansou o discursinho. Cansou o papo de “ah, não aceito ordens”, “ah, sou só um brasileirinho”, “ah, não entendo como as coisas funcionam”. Quem não entende sou eu: Rubens é tudo, menos ingênuo. Ninguém fica na F1 por 16 anos sendo bobinho e feito de puta (perdão, mas aqui podemos usar essas expressões; acostumem-se) pelos outros. E ficar pagando de personagem não eras, não funciona.

Ao menos, não para mim.

Autor: - Categoria(s): Barrichello Tags: , ,

Ver todas as notas

16 comentários para “Arrumando a casa”

  1. Andre disse:

    Cara, concordo em parte com o que você disse sobre o Rubinho, mas vamos esperar mais um pouco para ver o que acontece e dar uma chance ao cara…

  2. Tiago S. disse:

    Nossa, fala sério. Pior foi hoje aguentar neguinho falando que ele foi roubado. O Rubinho francamente, agente tenta torcer, mas chega uma hora que não dá mais. O cara não se ajuda, toda derrota em que ele é superado pelo companheiro dessa forma, tem um porém, fica levantando suspeita dentro do próprio time. É um grande piloto com um pensamento pequeno.

  3. Thiago Zenit disse:

    Bom, gostaria de falar um pouco sobre Barrichello =x!
    Como você, eu sempre defendi esse cara, eu ja até briguei por ele =x e ver ele nessa situação, com certamente o melhor carro da atual F1 e não conseguir ficar na frente de seu companheiro nehuma vez, pra mim esse é o fim dele, e olha que até me doi dizer isso. Pra mim depois de Senna, ele foi o “cara”, mas depois dessa falta de espirito de combate, eu jogo a toalha… espero que ele pelo menos vença uma corrida antes de enfim pindurar seu capacete!

  4. Douglas Fortes disse:

    só uma coisa discordo de ti , é que sou gremista.

  5. Carlos do Carmo disse:

    Também creio que Rubinho, calado, seria Campeão do Mundo!

  6. Luciano disse:

    Se o Barrichello até agora não ganhou nenhuma corrida na Braw, vai ser igual na Ferrari, segundo piloto. Ele corre numa equipe Inglesa, tem um chefe Inglês, um piloto ídem, quer mais o que ?? tá mais na cara que o “João Bottão” teve preferência na corrida da Espanha. Uma vez o Nelson Piquet pai e tri campeão, disse que um piloto já nasce campeão, acho que ele tem razão, inclusive seu filho o “Piquetinho” se encaixa nesse “ditado” ao menos na F1. Gostei do blog, mais um prá ficar por dentro da F1.

  7. Marilia Compagnoni Martins disse:

    sabe, eu não era tão novinha em 1994, e com a partida do Senna, passei a torcer pelo Hakkinen, Berger, Villeneuve, Alonso e Vettel, se bem que estou curtindo o Button, cara esperto tb…

    não sei pq tentam fazer uma lavagem cerebral na gente do tipo TEMOS Q TORCER PRO PILOTO BRASILEIRO

    a torcida é minha, então eu torço pra quem eu quiser

    já o Barrica… eu nunca tinha pensado com essas palavras, mas parece q ele gosta de ser a “mulher de malandro” da F1 (não vou arriscar punições por palavras q os donos do blog podem usar, mas não sei se a blogaiada tb pode)

    abraços a todos, e parabéns pelo blog!

    Resposta do Francisco

    Marília, sem problemas. Desde que não ofenda ninguém, pode usar as palavras que quiser.

  8. ANDRE SCHEFFEL disse:

    Parabéns, pelo Blog, também sou de Novo Hamburgo. Espero ao menos que vocês respondem com pouco mais de educação, que um certo Flávio Gomes.

  9. otacilio disse:

    Já é hora dele ser substituido pelo Senninha, para o ciclo se fechar!!!
    http://arquivoememoria.wordpress.com

  10. Juliano - Patos de Minas disse:

    Em relação ao Barrichello, faço minhas as usas palavras. É extamente meu sentimento neste momento. A chance ele teve, o carro o mesmo, ano passado deu um baile no Button, agora que começou escapar entre os dedos, tá começando, infelizmente, de novo com o monte de desculpas. Não interessa a estratégia do Button ter mudado na corrida ou não, se ele tivesse feito a parte dele teria vencido independente do que o companheiro tivesse feito. É por isso que também estou desanimando com ele. O Massa tá numa pior na Ferrari, e até agora não o vi com desculpas esfarrapadas, desde a última corrida do ano passado tem se tornado o piloto mais “elegante” da F1, incrível a diferença doque sai da boca dos dois.

    Abraço a todos….

    Juliano

  11. Isaias Soares disse:

    Sou torcedor do Barrichello, como parece que todos são ou
    foram. As vezes falo algo que as pessoas mais íntimas não
    compreendem, mas pra mim, frente ao Barrichello, o Senna
    não é ninguém. Isso por que, infelizmente, foi justamente a
    sua morte que despertiou minha paixão pela Formula 1. E
    àquela altura, só havia um cara para quem podia torcer: era
    o Rubens. Dito isso, imaginem o quanto sonho em vê-lo em
    uma temporada legal. Mas a verdade é que aos 25, como disse
    o Francisco, as ilusões vão se desfazendo. A razão assume o
    controle e você começa a ver um mau perdedor, um bom piloto
    que não sabe simplesmente dizer: “É, meu companheiro tem
    me dado um caldo. A única coisa que posso fazer é trabalhar
    mais e melhor e manter minha confiança.”. Ao invés disso, vê-se
    um veterano, bom piloto que dá desculpas para tudo. A cada fim
    de semana a vontade de chutar o balde e jogar a tolha, como
    comentou o Thiago Zenit, é quase incontrolável. Dai vem uma,
    duas semanas de espera e a esperança toma o lugar da
    frustração. Se pudesse fazer um pedido, era que o Rubens se
    calasse, virasse o campeonato, fosse campeão e saísse calado.

    Seria digno da carreira dele. Seria digno como esportista.

  12. Giba disse:

    Vamos dar uma chance ao Rubinho
    Vamos dar uma chance ao Rubinho !”

    Isso parece-me uma mantra. Ouço isso a pelo menos 15 anos….

    E, ele sempre nos dá “esperanças”… e sempre…….. é lento.

    LENTO: ele não é ruim, não é barbeiro….. e com certeza pilota muito mais que todos nós juntos….. porém… prá F1 ele é sim LENTO !

  13. Thiago Schauenberg Pereira disse:

    Colorado e de Novo Hamburgo? Ta ai um cara que vale a pena prestar atenção.

    Parabéns a todos pelo blog. Ótima idéia.

  14. […] aqui, é que tu fica realmente desanimado ao ver o que acontece com o seu companheiro de time. Já dei minha opinião sobre Rubens Barrichello aqui, e a coisa também parece estar parada no mesmo lugar (pun […]

  15. Emilio disse:

    Eu já morei em Nóia, sou colorado, mas fugi do frio (estou no NE).
    Para mim não é uma questão de torcer, mas o Rubens não é o ruim como alguns dizem. E eu realmente acredito que ele esteja sendo sacaneado, pois se ele reclamasse dos freios e eles não estivessem ruins a BGP apresentaria a telemetria para chamá-lo de mentiroso e o despidiria por dar margens a boatos contra a equipe. Já pensaram nisto?

  16. nâna disse:

    SABE MESMO O QUE PENSO SOBRE ESSE B***

    Resposta do Francisco Luz:

    Vá ser mais educada.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo