Publicidade

Publicidade
17/05/2009 - 23:43

Duas perguntas sobre Indy

Compartilhe: Twitter

Crianças, fiquei curioso neste fim de domingo de Bump Day:

* O que Alex Tagliani deve fazer, depois de tomar uma tunga do Junqueira, que só fez oito voltas com o carro da Conquest antes de entrar na pista e tirar o companheiro das 500 Milhas?

* Quem vocês acham que vai ganhar a prova? Já é no próximo domingo…

(Felipe Paranhos)

Atualização às 12h20 de 18/05: Sou um tanga. Achei que a maioria fosse cair nessa minha sobre o Tagliani. Tava doido pra fazer um post hoje com uma foto do Sérgio Mallandro e seu “rááááááá!”.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

7 comentários para “Duas perguntas sobre Indy”

  1. O que o Tagliani vai fazer? Simples… a Conquest pode dar adeusinho pro Junqueira e colocar o canadense pra correr domingo. Não esqueça uma coisa: quem classifica é o carro. Não o piloto. Em 2001, acho, Raul Boesel pôs o carro da Treadway no grid e quem correu foi Felipe Giaffone. E no caso mais notório, Mike Groff classificou-se em 1992 na última posição. Scott Goodyear foi repescado e chegou em segundo num final histórico com o Al Unser Jr.
    Meu palpite de vencedor: Tony Kanaan. A hora dele chegou. Mas se for apostar em zebra, arrisco uma: Mário Moraes. Esse tá voando em Indianápolis.

  2. Marcello Lima disse:

    Nada, só esperar e pegar o carro do Junqueira, como já divulgado no site de vocês, pois quem classifica é o carro, e não piloto. Estranho esse método de classificação, afinal de contas parece que o carro vai para a pista sem piloto, depois falam que só a Fórmula 1 não valoriza o seu material humano, no casos os pilotos. Mas fazer o quê, né?

  3. Juliano disse:

    Tagliani não fez nada… ele tinha um contrato que lhe garantia na prova… como em Indy quem classifica é o carro e não o piloto, sacaram o brasileiro e colocaram o canadense no carro 36… Não me lembro o ano, mas tinha uma equipe que se chamava, salvo engano Tradway ou algo assim, que corria apenas com o Felipe Giaffone. Em Indy colocaram mais 2 carros para o Arie Luyendyk e para o Raul Boesel. Luyendyk e Boesel classificaram e o Felipe ficou de fora, mas o contrato do Boesel dizia que ele só correria se os outros dois garantissem vaga. Se um deles ficasse fora, ele cederia o carro. O legal que a desculpa foi de que o Tagliani está disputando o campeonato e o Bruno não, porém, fica a pergunta… por que a Conquest ficou de fora da prova do Kansas, única pista oval antes de Indy???

  4. JONAS disse:

    Tomou uma tunga…mas deppis a equipe tratou de dar a tunga no Junqueira…. Acho que o Hélio está psicologicamente forte (tipo “vou mostrar que dei a volta por cima”), e com carro bom…mas, corrida é corrida, ainda mais uma corrida que passa perto do muro….

  5. Francisco Luz disse:

    Ê, laiá… todo mundo acertou.

    Previsível demais esse mundinho de Indy.

  6. Guga. disse:

    Quem ganha? Kristensen/McNish/Capelo de Audi R15.

  7. Rafael Palacio disse:

    Castroneves!!!!

    Em Kansas ele estava encapetado!!!

    Ganha e bota duas voltas no Briscoe!!!

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo