Publicidade

Publicidade
14/07/2009 - 16:43

Senna afasta retorno à GP2. Ele faz a coisa certa?

Compartilhe: Twitter

Em meio ao turbilhão em torno da possível saída de Nelsinho Piquet da Renault – que não se confirmou –, recebemos uma informação de que Bruno Senna poderia voltar à iSport e correr o restante da temporada da GP2.

Contatamos o piloto, que, através de sua assessoria de imprensa, afastou essa possibilidade. Disse que não há sentido em voltar à categoria nessa altura do campeonato, que já está em sua metade.

No ano passado, Lucas Di Grassi entrou na GP2 após a disputa de três etapas. Teve um desempenho incrível e foi o terceiro colocado na classificação geral. É preciso relatar que ele participou de oito provas – se voltasse agora, Senna só poderia correr em cinco.

Mesmo assim, fica a pergunta: se tivesse a oportunidade, Bruno deveria voltar à GP2?

Minha opinião: realmente, nessa altura do campeonato, não há mais nada a fazer. Com três equipes novas no ano que vem e a possibilidade de abertura de vagas nos times “experientes”, certamente Senna encontrará um espaço na F1. O que ele fizer neste ano não vai mudar a opinião de ninguém. Para o bem ou para o mal.

Marcus Lellis

Autor: - Categoria(s): GP2 Tags: , , , , ,

Ver todas as notas

20 comentários para “Senna afasta retorno à GP2. Ele faz a coisa certa?”

  1. Cristiano Munari disse:

    Eu já não acredito na presença do Bruno na F1. Incrível como faltou sorte para ele no caso Brawn. Ele estava praticamente certo, teria um grande carro para a sua primeira temporada, mesmo que nao soubesse aquela altura. Seria algo que nem oTio teve, começar num carro de ponta.

    Com a idade que ele tem, e aparentemente, nao estar com muita sorte, fica difícil. E mais, se falou num piloto de 19 anos na Renault. Alonso há quatro anos foi o piloto mais novo a ser campeão, logo Hamilton bateu isso e nesse ano Vettel pode bater novamente o record.

    Numa F1 que cada vez mais da espaço para os jovens fica difícil para o Bruno Senna.

  2. Alexei Michailowsky disse:

    Bruno deveria correr de Indy. É uma forma mais honesta de competir. Ficar parado esperando a F1 não o ajuda em nada e sobrenome nem sempre é garantia de sucesso. Os americanos, geralmente fãs de Juniors, não parecem dar muita bola para o deus Ayrton.

  3. Tiago S. disse:

    A essa altura do campeonado acho que não vale apena. Quando ele decidiu não correr esse ano, achei que foi uma má escolha. Ele arriscou muito eu acho, porque se não conseguir uma vaga na F-1 no ano que vem, acho que não consegue mais.

  4. Borges Borsatto disse:

    Bruno foi enganado pela Honda e não tem muito o que fazer. Agora é esperar pra ver se surge alguma vaga nestas equipes nanicas.

  5. Guga. disse:

    Bruno não está parado, está disputando um campeonato bem difícil por uma excelente equipe e tem andado direitinho. O que ele faz agora é o que Nelsinho deveria ter feito em 2007.

  6. Na minha opnião ele errou de sair de um carro monoposto e correr de turismo (endurance)… e não é todas as pistas iguais a da F1.

    Devia ter permanecido na GP2 com mais chances de ser campeão. Faltou humildade, convite teve. Mas, como disse, é certo que ele entre na F1, mais pela perseverança e sobrenome do que pelo talento que também tem, e por sinal tem um estilo de pilotagem que muito me agrada.

  7. roger V. disse:

    Bruno NÂO foi enganado por ninguém, para bom entendedor basta dizer que a quilometragem é muito pouca em tudo que andou.
    Devia colocar a bunda no GP2 sim pra ganhar mais quilometragem e fazer o que o Grassi fez a dois anos atrás, um passo para trás para se candidatar a um à frente!

  8. Giba Rossi disse:

    Eu acredito que seria importante o Bruno voltar sim.

    Bruno Senna não é um espetáculo como piloto e precisa de horas de volante, pois tem pouca.

    Guiar seria bom prá ele.

    Esse é um caso igual ao de Nelsinho……..

    Se o nome dele fosse Bruno “Zé Ninguém” provavelmente o mundo nem saberia de sua existência.

  9. Bruno Saranz disse:

    Nem compensa!! pra mim o meu chará estará na McLaren no ano que vem, no lugar do Kova!!

  10. Guga. disse:

    Os prototipos da LMS são muito mais parecidos com um formula do que com um DTM, por exemplo. A categoria é difícil, tem equipes oficiais de fabrica (talvez as únicas que pudessem entrar na F1 para brigar de verdade), as pistas não podem ser iguais, mas as corridas dão muita bagagem para um piloto com pouca experiência como o Bruno. Acho que o que não vira é ficar 3 anos numa categoria feita para uma peremanencia de 2.

  11. Rafael disse:

    ele devia ter entrado desde o começo, quanto mais treino pra ele eh melhor, ja que ficou muitos anos parado.

  12. LIOMAR DE OLIVEIRA disse:

    Ele deveria estar na F1 já neste ano de 2009 pois tem provado que não é apenas um cara com um sobrenome famoso; ele é um piloto consistente, veloz e competente. Ross Brawn deve estar se roendo de ódio de ter escolhido o Ruinzinho Pé de Chinello e não o Senna para esta temporada. No próximo ano ele vai estar em uma equipe da F1 e, com certeza, vai mostrar todo o seu talento. Vale lembrar que além das vagas que irão abrir nas equipes de ponta, teremos três novas para o mundial de 2010. Acho que a decisão de esperar foi acertada e coerente.

  13. Daniel Betting disse:

    Acredito que o melhor para o Bruno seja ficar na Le Mans e se sentir que 2010 seja o ano de entrar na F1, fazê-lo. Só não pode abraçar a primeira oportunidade que aparecer, para não dar com os burros n’agua, como o Nelsinho.

  14. Daniel disse:

    Mesma trajetória do Piquet…

    Sobrenome famoso, primeira temporada discreta na GP2 seguido de vice-campeonato no ano seguinte, em carro de ponta com companheiro fraco. Ele pode se queimar se voltar, até porque a iSport parece estar uma draga este ano… Vitórias ele não teria chance, aparentemente.

    Apesar que o Di Grassi está com um carro que parece ser pior ainda, e sempre em evidência. Mas isso porque acho que o Di Grassi é uma espécie de de “Alonso” da GP2… Espero que as equipes novas enxerguem isso ano que vem. E espero que lembrem do Senna também… porque vale lembrar que a carreira dele teve um hiato de 7 anos… por ter menos experiencia ele demonstra ter talento e capacidade de aprender rápido.

    Boa sorte para os dois ano que vem.

  15. JP disse:

    Bom o próprio Bruno Senna, deu uma entrevista, para o jornal Bild da Alemanha, onde ele disse que gostaria de entrar em uma equipe que lhe desse melhores oportunidades na F1.com chances de lutar por pontos e até quem sabe por pódio.agora resta saber qual será esta equipe.agora ter sobrenome,como ele tem,abre as portas,mas o piloto tem provar a que veio.

  16. JMBNeto disse:

    Eu estou bastante ansioso para a estréia do Bruno, a minha ansiosidade se divide em duas, ou seja, uma pelo que ele tem mostrado que com pouca quilometragem, mostra que tem talento, e a outra lógico que pelo sobrenome, que é que não gostaria de ver um senna novamente nas pistas, só quero lembrar aos caros leitores que ouvir o Chato do Piquet falar que não via talento no Bruno, no entanto eu prgunto e aonde está o talento do filho, espro sinceramente que ele se recupere na próxima etapa, afinal ele não tem culpa das merdas que o pai fala, até o acho muito gente boa, e outra coisa, infelizmente o Ross Brawn não optou pelo Bruno, prefiriu a anta do pé de chinelo, a única coisa que esse rapaz faz é nos matar de vergonha.

  17. Marcelo Faviere disse:

    Ele é um ótimo piloto, seus feitos pelo curto tempo de automobilismo, e suas vitórias na maioria das vezes com performances boas, me levam a crer que mais experiência o tornaria muito bom. Aguardemos, mas sinto que a Brawn o procurará por conta da mídia maior que terá com o seu sobrenome.

  18. Renato disse:

    Acho que ele vai fechar com uma equipe média, porém, com talento que espero ter, vai conseguir espaço na F1. Brabo é ficar lamentando a perda da vaga na Brawn para a tartaruga fraca e eterno escodeiro de piloto Rubens pé de chinelo

  19. DIOGO DANTAS disse:

    Na minha modesta opinião ele deveria correr atras da vaga deixada pelo boudais, visto que o Jaime nunca correu de F1 e vai fazer merda.
    Caso não consiga, que vá para qualquer equipe ano que vem, afinal teremos umas 8 a 12 vagas brilhando para aqueles que mais rapido investirem em seus contatos.
    USF1(2), Campos(2), Toro rosso(1), Manor(2), Willians(1 ou 2),
    Renault(1), Force India(1 ou 2).
    Ferrari, Mclaren, Reb Bull, BMW, Toyota, Brawn (chances zero)

  20. Fred disse:

    O Bruno sumiu dos noticiários, até mesmo dos internacionais, e isto é muito ruím. É necessário que esteja em evidência, que crie um fato novo, que seu nome seja sempre lembrado. Assim poderá haver uma chance nas novas equipes ou até mesmo nas antigas, neste momento que começa a dança dos pilotos para o ano de 2010.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo