Publicidade

Publicidade
31/07/2009 - 10:38

Perguntar não ofende

Compartilhe: Twitter

A pedido da Ferrari, teste de Michael Schumacher com a F60 foi liberado pela Fota. Se a Toro Rosso pedisse liberação para um teste do Jaime Alguersuari, as equipes fariam o mesmo?

Marcus Lellis

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , , , , , ,

Ver todas as notas

54 comentários para “Perguntar não ofende”

  1. samucon disse:

    Deviam é dar uma mordaça pra ele. Com apenas um GP no currículo, já se sente no direito de dar pitaco nas decisões da categoria, sobre o GP em Valência. Aprende a correr primeiro prego…..

  2. samucon II disse:

    Qto ao Schumi… dinheiro chama dinheiro. Independente de ser um sucesso ou um fiasco a performance do Alemão, só com a audiência, todo mundo sai ganhando

  3. Conrado Andrade disse:

    Vamos ver…

    Schumacher é atual empregado da Ferrari.
    Schumacher é 7 vezes campeão de… Formula 1.
    Schumacher pilota F1 desde 1992.
    Schumacher não guia em uma corrida desde Novembro de 2006.
    Schumacher não guia um F1 desde 2008, em testes.
    Schumacher entra na metade de 2009, substituindo Massa por x corridas.

    Alguersuari tem 19 anos.
    Alguersuari faz parte do programa de pilotos da Red Bull.
    Alguersuari conquistou sua licensa ao ser um dos 3 primeiros na World Series (?).
    Alguersuari entra no meio da temporada, após dispensa de um piloto titular da Toro Rosso.

    Casos completamente distintos, independentemente da ocasião no campeonato. Cuja regra creio que não leva em consideração.

    A STR dispensou um piloto e contratou um outro. Piloto esse, em tese, capacitado pra andar de F1 justamente por ter a Licensa. Ele pode e não deve pedir permissão alguma pra ninguem pra andar, desde que seja contratado. O caso, é que a Toro Rosso NÃO pode pedir um teste extra, pq a idade do piloto, não é motivo pra tal requerimento.

    A Ferrari, por um outro lado, teve seu piloto incapacitado para participar de algumas corridas no futuro. Por um acaso, Schumacher é empregado da Ferrari e TEM a Licensa ATIVA (e um baita histórico) por Regra. Porém, como não andou em um F1 em 2009 (mas tem a licensa desde 91/92), a Ferrari pediu pra abrir uma exceção. A FOTA aceitou 1 dia pra testes com o modelo de 2009. A FIA ainda não se pronunciou. É ela quem decide.

    O Schumacher testou com o carro de 2007 com pneus slicks, pq “pegou emprestado” uma de um dono privado de uma Ferrari de F1. Alguersuari tb pode fazer isso… mas acho que ele não tem grana ou reconhecimento pra isso ainda não! heheh

    Em fim… não tem nada demais. É apenas 1 dia de testes.

    Abraços

  4. neanderthal disse:

    a parada é um esporte tornado megaespetáculo, certo? qual o sentido de se tomar decisão justa então?

    para os espectadores mais vale ver o heptacampeão de 40 anos do que o novato de 19, sem dúvida nenhuma.

  5. Eduardo Azeredo disse:

    Parece que a liberação para o Schumacher foi concedida pelas equipes. O que se conclui é que a própria STR acatou.

  6. Carlos Ganhadeiro disse:

    Mas é claro que não permitiriam. E seria mais justificável do que o pedido da Ferrari, pois tratava-se de um piloto novato!

    O safado, mau caráter, picareta, desleal, desonesto, Dick Vigarista e também piloto nas horas vagas, já fez a primeira mutreta antes mesmo de voltar! É impressionante sua capacidade de cometer atos desonestos:

    Já as notícias de hoje dão conta de que, desde as 11h desta sexta-feira (horário local), Schumacher treina com um F2007 emprestado no circuito Mugello, na Itália. Devido à proibição dos testes em circuito dentro da temporada, por parte da FIA, o alemão conseguiu um carro como “cliente” da Ferrari, assim como aqueles que costumam colecionar modelos antigos.

    Carlos Ganhadeiro.

  7. Carlos Ganhadeiro disse:

    É Sr. Conrado Andrade, a injustiça ainda vai acabar com a raça humana, ainda mais escrevendo licença com “s”…

  8. JB Valim disse:

    Eu acho que não liberaria e não estaria errada.

    A STR trocou os pilotos por vontade própria. Um capricho, se você preferir.

    O caso da Ferrari é baseado em evento fortuito. Algo fora do controle da equipe.

    A escolha específica de Schumacher e não do piloto de testes também não pode ser usada como argumento contra o teste, pq, na prática, com essa limitação de testes, todos estão num mesmo patamar. A situação seria uma novidade para qualquer um.

    Enfim, é isso que eu acho!

  9. Filipe disse:

    Claro que nao. As situaçoes sao bem distintas.
    A Ferrari troca de piloto por um infortunio da qual é completamente alheia.
    A STR trocou de piloto através de uma decisao ponderada, baseada naquilo que considerou como sendo o rendimento adequado.

    Portanto, nao… claro que nao.

  10. Vitor disse:

    Confesso que tive o mesmo pensamento quando li a notícia da liberação dos testes do Shumacher. Afinal, os argumentos da Ferrari também se aplicariam ao Alguersuari (Nunca andou no carro nem na pista).

    Mas me veio um outro ponto (agindo como advogado do Diabo contra mim mesmo), a Toro Rosso trocou de piloto por que quis, a Ferrari foi obrigada pelo acidente do Felipe. Talvez isso tenha pesado na decisão.

  11. Nilton Silva disse:

    Para Quem???

  12. O direito não socorre quem dorme. A princípio, a Toro Rosso e Alguersuari não têm o que reclamar. Entretanto, SE tivesse requisitado, teria que ser atendido, pois a partir do momento em que as exceções são concedidas a um, devem ser concedidas a todos, senão o tratamento não é igual. E as regras servem para tratar a todos de forma igualitária.

  13. Douglas disse:

    Não! Mas a pergunta não é das mais sensatas não, observe:
    Mas a mesma forma minha visinha bateu na minha porta e me pediu para dormir comigo porque estava com solidão, eu deixei. Se VOCE me pedisse o mesmo eu não deixava. Cada caso é um caso.

  14. Gabriel de Amorim disse:

    Não cederiam ao pedido por um motivo tão simples quanto ao que motivou a liberação: Alguesuari foi posto no lugar de um piloto que fora demitido, e a equipe tinha ciência desta impossibilidade quando da demissão de Bourdais. No caso do Schumacher o que vem a ocorrer é uma substituição a uma fatalidade, algo imprevisto. Nestes casos, se não há nada específico no regulamento – e eu creio deveria existir, deve prevalecer o bom senso.

    Abraços!!!

  15. Lúcio disse:

    O Alguesuari não tinha superlicença, estava andando lá atrás na World Series, deixaram ele correr na F1, e nenhuma equipe protestou, porque não deixar o Schumi que tem não só a superlicença, mas também 7 títulos e noventa e tantas corridas ganhas?

  16. Guzz disse:

    hahahaha

  17. Duvido muito! Alguesuari não tem o ‘prestígio’ que o alemão tem.

  18. Marcelo Andrade disse:

    Estao comparando Ferrari com STR?

    Estao comparando Schumi com Alguersuari ?

    STR optou por DEMITIR o piloto anterior, e foi opcao dela escolher um inexperiente.

    De qq forma se tivesse ao menos feito o pedido para a FOTA, teria a chance de liberacao.

  19. Burti disse:

    Eu quero saber do que vocês estão reclamando tanto. O cara testando com um carro antigo, na dele, sem fazer mal a ninguém. Se o Alguersuari não testou, foi culpa da Toro Rosso que não pediu, ou, como o rapaz ai em cima falou, porque foi caso de demissão e não de fatalidade.

    Abs gatinhos!

  20. Fábio disse:

    Nunca permitiriram, e muuitos já citaram as falcatruas do D. Vigarista,

    Aos que defender o alemão ( e o rubinho não está nessa), primeiro, ele já tem permissão e conhecimento de F1, ele não tá aprendendo muita coisa, tá tirando ferrugem, tá treinando e não aprendendo , será que por ele ser um Heptacampeão ele não pode dar vexame?? não pode errar, não pode se preciptar, afinal ele já correu com pneus slicks (8 anos). e se acham que não foi opção da Ferrari colocá-lo no lugar do massa pra que serve o Gene e o Badoer? fui uma opção igual a Toro Rosso pra por o Aguersuari.

    Já o espanholzinho alguersuari, além do risco aos demais pilotos e funcionários dos GPs, poderia ter cometido faltas graves, mas se saiu melhor que o péssimo companheiro. E aos que acham que ele fala de mais, lembrem-se que ele é piloto, e não jornalista, tem muito jornalista que fala muito, tem uma boca enorme, e nunca nem andou de kart, não consegue dirigir nem no trânsito de sp, qto mais sobre F1.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo