Publicidade

Publicidade

Arquivo de setembro, 2009

01/09/2009 - 18:38

Crise na Panthers!

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

Nunca mais havia feito relatos sobre minha carreira no automobilismo virtual. Trabalhava nos bastidores. Auxiliei Daniele Ferraz na criação da Panthers Racing — ela queria Pink Panthers, mas eu vetei, muito presepeiro. A estreia da equipe foi em Istambul, na 1ª etapa do campeonato de Rali do F1BC. Fizemos dobradinha nas duas baterias — o que não era muito difícil, já que, visando dominar o mundo, o time contratou 926 pilotos para este campeonato.

Minha participação na rodada inicial foi pífia: na corrida 1 do circuito turco, um infeliz detonou minha suspensão na largada e passei a gastar os pneus excessivamente. No meio da prova, um deles estourou e eu acabei batendo num outro rapaz. Nessa, abandonei. Irritado, fiz “a bola é minha, não jogo mais” e não corri a segunda prova no Império de Massa. Aproveitei pra fazer uma refeição saudável no Burger King.

Tudo poderia mudar na segunda etapa, entretanto. Em Cleveland, fiz o terceiro melhor tempo da equipe nos treinos antes da prova, atrás somente dos dois Thiagos do time, que CERTAMENTE correm dopados — 2s à frente de todo mundo. Na classificação, voltei à normalidade, largando em décimo entre 19 carros. Larguei atrás da tal Ferraz, que errou na primeira curva. E foi atingida por mim. Depois, a autodenominada Briatore da Panthers resolveu protestar à direção de prova, que ainda não se pronunciou — mas deve puni-la com uma rodada de suspensão pela CALÚNIA contra mim.

Instantes antes da colisão. Tsc...
O instante da barbeiragem da colega de equipe e a batida inevitável.

Apesar do incidente, fiz uma boa corrida. Fui oitavo no geral, terceiro na minha categoria. Fosse na Classic Cup do Gomes, dava troféu (pelo oitavo lugar, claro).

Veio a prova 2, com grid invertido. Consegui escapar da carambola na largada, mas na segunda volta tinha um carro atravessado nesta curva da foto. Reduzi pra não bater, mas encostei no carro branco à frente. Perdi cinquenta mil posições. Desconcentrado, na aproximação de uma curva, freei com uma roda na grama e rodei feio. Fui tentando me recuperar, arriscando tudo. Vinha dando certo, até que o motor, fraco, quebrou. Já uma nova fornecedora, já que julgamos que esta nos dá propulsores ridículos, que não aguentam uma pilotagem mais arrojada. Ou foi isso, ou eu reduzi as marchas rápido demais. Er… Não importa. Minha prioridade será a T-Light, categoria que começa em outubro. E, pra não dizerem que não dou informações no BloGP, taí, em primeira mão, o carro novo.


Na traseira, tem o logo do GP. Depois mostro. :)

Autor: - Categoria(s): Virtual Tags: , ,
Voltar ao topo