Publicidade

Publicidade
15/10/2009 - 15:52

Dois anos

Compartilhe: Twitter

Rubens, zerado, fala em acabar ano por cima
Warm Up
15/10/2007 – 11:15

Rubens Barrichello não vai sentir saudades de 2007. Após um ano difícil correndo pela Honda, o piloto busca na corrida de encerramento da temporada os seus primeiros pontos no campeonato, algo inédito para ele 15 temporadas na F-1.

Esse foi o lead da minha primeira notícia publicada no Grande Prêmio – e, para quem é observador, a data diz algo de importante: faz dois anos que eu comecei a trabalhar no site (para quem tem curiosidade ANTROPOLÓGICA, é só clicar aqui).

Foi um trabalho DO CÃO para conseguir essa BOCA, da qual tenho muito orgulho. Gastei um dinheiro desgraçado que tinha poupado na época para ir a São Paulo – onde, da maneira mais CAIPIRA possível, fiquei deslumbrado por andar de METRÔ -, fiz um teste, uma redação e fiquei no aguardo.

Uma semana depois, o Gomes em pessoa me ligou – ele não estava na redação no dia em que eu fui devido a um encontro de DKWs, se não me engano – para explicar que eu teria uma chance e tudo mais. Quase não acreditei.

E, a partir daí, foi. Nunca havia trabalhado com jornalismo antes, e até então finais de semana eram dias de folga na minha agenda. Tudo mudou: agora, mesmo sendo um FARSANTE, as pessoas me conhecem, conhecem o lugar que eu trabalho e algumas chegam até a me RESPEITAR. Incrível demais.

Mais incrível ainda é saber que eu só fui conhecer realmente algumas das pessoas que trabalham comigo muito tempo depois: o Victor e o Vicaria, que se bandeou para a CONCORRÊNCIA IMUNDA, eu só fui ver em outubro do ano passado. O Terena, nosso RETRATISTA, um pouco antes, na Stock Car em Santa Cruz do Sul. A Evelyn, o Marcus, o Felipe e a Luana eu até hoje não vi, assim como o Gomes – pois é, não conheço pessoalmente o meu chefe. Modernidade é isso aí.

Mas agradeço a todos por trabalhar em um lugar (desculpem a expressão) tão FODA. Já tinha feito diversos serviços diferentes antes, como estágio em indústria química, assessoria de comércio exterior, despacho aduaneiro, pesão de curtume, revisor de couro, account de sapato e vendedor de livraria, entre outras coisas. E nunca tive tanto orgulho de ver meu trabalho como aqui.

Vida que segue. Tomara que, por bastante tempo ainda, no Grande Prêmio.

P.S.: O tal do mundo dá mesmo voltas. Na época, para conseguir passar na primeira fase d’O Grande Estagiário II, vencido pelo Marcus, tive de mandar um texto com o tema “O automobilismo não é tudo”. Desanquei afu o Estadão por conta de uma campanha deles contra blogs, ou algo do gênero. Agora, o Gomes trabalha em uma rádio ligada ao grupo Estado. Sem RESSENTIMENTOS, heh.

731 dias depois,
Francisco Luz

Autor: - Categoria(s): Geral Tags: , ,

Ver todas as notas

8 comentários para “Dois anos”

  1. Francisco, meus sinceros parabéns! Continue bom de pena assim! hehe

  2. evanclaudio disse:

    Como sempre é dito pelos antigos: ” o mundo é redondo e da voltas”.Espero mesmo que vc fique muitos anos ainda por aqui. Daqui a 2 anos de novo tu se lembra disso e comenta tambem

  3. Cara, parabéns pela data.

    P/mim, como hamburguense, foi uma surpresa ver matérias da GP2 assinada por um jornalista da minha cidade. Quando tu passas tanto tempo fora da terra, por mais facilitado que seja o acesso, salta aos olhos qualquer referência ao rincão.

    É a geração Nintendo chegando ao mercado. E os tauras de Novo Hamburgo marcando terreno.

    Continue assim!

    Abraço!

    • francisco disse:

      Bah, legal receber os parabéns de um CONTERRÂNEO. Mas sou da geração MEGA DRIVE. Sega > Nintendo, heh.

  4. Turco disse:

    parabéns!!!

  5. Sidinei disse:

    E isso aí meu velho, meus parabéns! Muito bom o blog, principalmente por dar foco a GP2, categoria que gosto muito, é bom acompanhar jovens pilotos, ver como alguns que a gente colocou nossas fichas não dão em nada e, alguns outros que passam quase que sem serem notados e acabam sendo campeões. Eu gosto de acompanhar, desde os tempos da F-3000, claro que de maneira mais arcaica.

    Grande Abraço,

    Sidinei Gadelha

  6. Aurélio Neto disse:

    Francisco, muitos parabéns!!
    O GP é hoje o maior celeiro de jornalistas especializados em automobilismo e toda a equipe que hoje “toca” o site é de uma qualidade ímpar!
    Que possamos ler textos seus por muitos anos!

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo