Publicidade

Publicidade
16/10/2009 - 17:32

E agora?

Compartilhe: Twitter

O diretor da Allsport Management, empresa administradora do Paddock Club, que cuida dos camarotes da F1, foi assaltado em São Paulo.  Está no GP, em nota feita pelo Francisco: “O motorista do carro de Warren precisou parar no meio do trajeto para trocar um pneu devido a um furo, quando um bando de ladrões atacou o dirigente, levando suas malas.”

E aí? O rapaz está autorizado a deixar de achar o Brasil o país mais lindo do mundo, com mulatas sambando nas ruas, abençoado por Deus e bonito por natureza?

Atualização às 11h07 de 17/12: Ontem, engenheiros e mecânicos da Porsche foram assaltados também.

Felipe Paranhos

Autor: - Categoria(s): F1 Tags:

Ver todas as notas

37 comentários para “E agora?”

  1. Rafael MR disse:

    Se ele tivesse asas teria saido voando!

  2. Ylan Marcel disse:

    O que as mulatas tem a ver com isso?

    • Felipe DOM disse:

      tem a ver q estrangeiro acha q aqui só tem mulatas, sexo, carnaval e q favela é ponto turistico

    • Felipe DOM disse:

      tem a ver q estrangeiro acha q aqui só tem mulata, sexo, carnaval, q só tem mato e q agente anda pelado e q favela é ponto turistico…agente n é assim, mas a nossa mentalidade ainda é desse jeito e vivo o bom povo brasileiro ; ) mto maravilhoso…

  3. João Guedes disse:

    É um problema que poderia acontecer em qualquer país do mundo. Não estou querendo dizer que não tenhamos problemas em todas as áreas, mas também não é por isso que devemos achar que isso só acontece aqui e nem que em qualquer país do mundo não haja problema semelhante em maior ou menor grau. Vamos parar de espinafrar quando um estrangeiro tem algum problema aqui, todos temos e eles não são diferentes de nós e têm de conviver com isso quando põe os pés aqui. Senão, fique em casa!

    • Gustavo disse:

      João Guedes:
      Concordo que poderia acontecer em qualquer país do mundo, a diferença é que aqui a chance é exponencialmente maior porque infelizmente o Brasil é terra de vagabundo e ladrão. A questão não é “espinafrar” um problema de um extrageiro e sim a hipocrisia nojenta e marrenta que tem aqui. Sou gaúcho, e o pessoal do resto do país fala que a gente é muito bairrista e etc, mas aqui também ta uma merda e sinceramente, como vou ter orgulho do meu chão se não como ir nem no supermercado com segurança, pois pode ter um malandro no estacionamento esperando vc chegar ou pode chegar dois a pé na semáforo e apontar uma arma pra tua cara ou encostar uma moto do teu lado no semáforo e simplesmente vc tomar um tiro por ir soltar o cinto de segurança ou por você ir tirar a carteira, etc…
      Sem mais no momento…

    • ultranol disse:

      Sério mesmo que vc não exerga o ufanismo idiota que permeou sua afirmação? Vc acha mesmo que a probabilidade de isso acontecer em outros lugares do mundo é a mesma do que em SP? Compara as estatísticas de violência e crime com as outras 16 sedes de GPs pra vc ver quantas ficam “na frente” de SP quanto à criminalidade… no máximo Istambul e Kuala Lumpur talvez façam frente.

      É por isso que estamos assim… na hora que alguém critica, já vem 30 tapar o sol com a peneira, “todo lugar é violento”…

  4. Felipe Fugazi disse:

    Grandes eventos como o GP do Brasil de F-1 são um imenso chamariz para a bandidagem que enxergam nesses eventos a chance de obter algum lucro.
    Moro próximo ao autódromo e nessas ocasiões vejo uma movimentação policial muito intensa, e penso como é uma pena que essa presença ostensiva só ocorra nessas circunstancias.
    Agora imagina como será durante a Copa do Mundo de 2014 e nos Jogos Olímpicos de 2016.
    Viaturas em cada esquina nas mediações dos Eventos e a estranha sensação de que se tem muitos policiais em um lugar, tem “de menos” em outros…
    Bra-sil-sil-sil-sil…

  5. EduardoRS disse:

    Claro que não, isso acontece o tempo todo no Canadá e na Alemanha. Onde já se viu falarem mal do Brasil-sil-sil? Que pouca vergonha.

    Agora com licença, que vou dormir com as janelas abertas e a porta destrancada, na minha confortável casa desprovida de grades e cercas eletrificadas.

    • Felipe Paranhos disse:

      Ótima! Depois, tira dinheiro no banco tranquilo, sem ficar olhando se alguém ronda ou o espera fora da agência. Abraço!

    • Felipe Fugazi disse:

      O problema é que nós brasileiros pagamos impostos em níveis europeus e não recebemos o retorno em termos de serviços decentes.
      Deveriamos ter uma segurança publica decente, escolas, hospitais, todos condizentes com a carga tributaria de quase 30% que depositamos nos cofres publicos.
      Quanto a criminalidade fora do Brasil, logico que existe, mas aqui no Brasil a lei é branda demais.
      Se você cometer um crime, e não for pego em flagrante e não deixar seu endereço e CPF, a policia não fará o minimo esforço em te procurar.
      E assim caminha a humanidade.

  6. Marumaki disse:

    Só posso lamentar esse incidente e que a violência tenha se tornado tão banal a ponto das pessoas acharem normal serem assaltadas.

    Poderia ter acontecido em qualquer lugar do mundo, mas quando há um evento de grande porte isso SEMPRE acontece no Brasil.

    Se você mora num prédio mal administrado, não adianta nada apontar que o prédio vizinho também é mal administrado. O que tem de ser feito é eleger melhores administradores para o seu prédio. Ao contrário da crença idiota popular, você NÃO é obrigado a conviver com isso.

  7. Danilo Candido disse:

    …e assim vai se confirmando a veracidade e credibilidade do release divulgado pelo pessoal da Red Bull: ontem à noite uma equipe de engenheiros da Porsche Cup foi assaltada na saída do autódromo. E ainda acham ruim que a equipe dos Touros Vermelhos, ainda que de forma bem- humorada, transmitam sua opinião à respeito de nosso país…pois na verdade sabem dos riscos de se transitar por aqui, a qualquer hora, em qualquer lugar.

  8. Julia disse:

    Também já fui assaltada na Espanha.

    • Felipe Paranhos disse:

      Não estou dizendo que não se é assaltado em nenhum outro lugar do mundo, Julia. Falei porque isso acontece pouco depois das manifestações dos brasileiros sobre o comunicado bem-humorado da Red Bull.

  9. MEIRA disse:

    Você acha que só tem assalto no BRASIL e em São Paulo? Quanta ignorância. Até na Suiça tem ladrão, seu mané. Ou lá não tem prisão?

    • Felipe Paranhos disse:

      Mané é quem acha que eu disse isso. É quem reduz a discussão a isso. É quem não entende nem o propósito do texto.

    • ultranol disse:

      Hahuahuauhauhuha, querem comparar a violência de SP com a da Suíça! Na Suíça INTEIRA, em 2008, houve 165 assassinatos; em SP, somente a cidade, houve 630 homicídios dolosos, só no PRIMEIRO SEMESTRE de 2008. Tão de sacanagem, né?

    • Felipe Paranhos disse:

      Boa!

  10. Cezar disse:

    É ótimo que isso aconteça com uma pessoa que provoque repercução internacional, porque se fosse com um cidadão comum, não entraria nem para as estatísticas.
    Esse é o país que vai cediar as olimpíadas de 2016!!

  11. É triste quando acontece isso, mas bandidos existem em todo lugar do mundo… poderia ser, de repente, um terrorista explodindo ele, o carro…

    • Felipe Paranhos disse:

      Atentados terroristas também não acontecem em todo lugar do mundo… Não disse “Oh, São Paulo/Brasil é o antro da bandidagem, o pior lugar do mundo, roubo só acontece aqui”, mas tratar a situação como algo isolado é bobagem.

  12. Fill disse:

    E qual eh seu objetivo com esta materia? Por causa de uma ma experiencia em anos o cara tem que começar a achar uma coisa ou lugar de q gosta uma M???
    Nao deu para entender….

    • Germano Brasil disse:

      Cara. Você acha normal o que está acontecendo no Brasil? Então vc. deve ser um político ou empregado público bem encostado. Acorda meu!

  13. EDUARDO DRAGONETTI disse:

    e ainda querem fazer copa e olimpiadas no brasil , so se for de bandidagem. veja o que aconteceu no rio hoje.

  14. foca disse:

    agora alguém pode reclamar da red bull?

  15. Felipe DOM disse:

    Os caras tao derrubando até helicóptero da polícia aqui…assalto aqui ja virou bobeira…

  16. Germano Brasil disse:

    Enquanto continuarmos sendo um povo gado dominado por políticos e mais recente por fanáticos comunistas veremos um país cada vez pior.
    O foco dos políticos e governantes são os cofres públicos sempre escancarados por que brasileiro acha que é dos outros que estão roubando ou “eu não tenho nada porquanto não é de mim que está sendo roubado”.
    Dizem que isso só vai mudar quando tivermos uma educação melhor. Eu e milhares de pessoas que temos curso superior estamos fazendo oque? Resposta: Esperando que alguém tome uma providência.

    • Fernando disse:

      O Serra, governador de SP, que deixa a polícia civil entrar em choque com a PM, que paga os piores salários do Brasil a policiais, é um fanático comunista? Vá estudar, seu otário… culpar “comunista” é dose…

  17. Edmilson Fidelis disse:

    Acho que o rapaz não precisa de autorização para achar ou deixar de achar nada.
    Eu o aconselharia a deixar de pensar através de esteriotipos manjados que são ditos por alguns.
    Achar que o Brasil é o país mais bonito do mundo é questão de gosto pessoal e não tem nada a ver com ter ou não violencia.
    Que tem mulatas sambando nas ruas, ele deveria saber que isto acontece com frequencia somente no carnaval.
    Se é abençoado por Deus é questão de fé.
    Que é bonito por natureza, ou pela natureza, não é necessário discutir.

    O que é certo nisto tudo é que quando você gosta de alguém, ou de algum lugar, a tendência é você valorizar as coisas boas deste alguém ou deste lugar.

    Talvez o melhor lugar para se viver seja no paraiso, com anjinhos de camisola tocando flautinhas e harpas ou quem sabe algum lugar utopico destas propagandas de TV.

    Pessoalmente eu iria achar um tédio danado, mas nem por isto prefereria o inferno. Por não acreditar em paraiso, o inferno também é desacreditado por tabela.
    Perfeição não existe e cabe a nós melhorarmos o que gostamos ou de onde gostamos.
    Ou, partir para outra…
    Talvez haja paises beirando a perfeição que aceitem de bom grado descontentes de outras praias.
    Ah! E não precisa autorização para partir para outra.
    Ou melhor, é bom ter um visto do lugar para onde você quer ir. Vai que eles acham que todo brasileiro é bandido ou gosta de bandido…

    • Felipe Paranhos disse:

      Tais estereótipos não “são ditos por alguns”, Edmilson. O Brasil se vende assim lá fora. É normal que o estrangeiro pense assim.

      Se você acha que precisamos de um “ame-o ou deixe-o” para o Brasil, suspeito que esteja na época errada. Um abraço.

    • Edmilson Fidelis disse:

      Então são ditos por todos? Qual a maneira de “vender” o país lá fora? Dizendo: “Não venham pra cá pois aqui é terra de ninguém” ou “Se não quiser ser assaltado não vá ao Brasil” ou ainda melhor com um “Se quiser um passeio de risco vá para o Brasil” ou ainda podemos nos vender como “turismo de aventura: Se for ao Brasil e não for assaltado ganhe um premio”
      Não acho, e tenho total certeza do contrário, de que não precisamos de um “ame-o ou deixe-o”. Até porque não tenho boas recordações deste refrão feito em uma época que voce talvez não tenha vivenciado. E até por ter vivenciado esta época, essa sim errada, acredito que a pior situação pode ser mudada. A menos que fiquemos somente falando que a situação tá ruim e não tentando muda-la. Acredito que voce e eu estamos aqui porque gostamos daqui.
      Se você pensar bem verá que o “ame-o ou deixe-o”, apesar de ter conotação depreciativa de um nacionalismo barato, não deixa de ter um fundo de verdade. Ninguém é “obrigado” a viver em um lugar onde não gosta, mas se você não tem condiçoes de mudar de lugar, que tente mudar o lugar. É possivel.

      Abraço.

    • Edmilson Fidelis disse:

      Ficou um pouco confuso. É a pressa.
      Tenho certeza que não precisamos de um “ame-o ou deixe-o”. OK?

    • Felipe Paranhos disse:

      Tranquilo, Edmilson.

  18. Carlos disse:

    Santo ufanismo Batman, tem gente que acha normal 35000 assassinatos por ano? Roma é violenta o Papa levou um tiro lá, New York teve atentado terrorista, pelo visto acham aqui bem mais seguro, hahahaha. O povo realmente tem o governo que merece.

  19. DOuglas disse:

    Quando a polícia da Inglaterra matou o ean Charles você ficou revoltadinho também? Não lembro de post seu falando que nunca mais ia lá. Problemas todo país tem. O Brasil tem um problema de violêcia sério, atrelado a um problema social sério. Demora 30 anos pra isto resolver. É uma herança cruel.
    Mas caberia a você como jornalista um texto melhor do que simples “revoltinha”. Existe muita a fazer.

    • ultranol disse:

      Amigo, não tem comparação… a polícia do Rio de Janeiro, por exemplo, deve matar um Jean Charles por fim de semana, no mínimo.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo