iG

Publicidade

Publicidade

Arquivo de novembro, 2009

30/11/2009 - 13:32

Vale mesmo a pena?

Compartilhe: Twitter

57074570

Felipe Paranhos

O nome mais falado no mercado de pilotos para 2010 é Pedro de la Rosa. Campos, USF1, agora Sauber… Trata-se, mesmo, de um grande piloto de testes, reconhecido por todos. Sabe como poucos coletar dados do carro e passar para a equipe. Mas tem um detalhe…

Vale mesmo a pena correr tanto atrás de De la Rosa? Ok, ele tem zilhões de quilômetros de teste com a McLaren. Mas o regulamento mudou bastante entre 2008 e 2009. E Pedro não fez nenhum teste com o carro desta temporada — com a Force India, em novembro do ano passado, e com a McLaren, em janeiro deste ano, usou os modelos de 2008.

Ou seja, nos primeiros testes para 2010, lá em fevereiro, Martínez — o nome do meio do rapaz — terá a primeira experiência com as diretrizes aerodinâmicas do último regulamento, que serão abaladas apenas pelos tanques maiores, devido à proibição do reabastecimento.

Aí eu penso: não é melhor investir em um piloto que tenha corrido esta temporada, aprendido a usar um KERS, lidado com as alterações de asa dianteira volta a volta, participado, enfim, do desenvolvimento de um carro totalmente novo em relação ao ano anterior?

Então, pensando assim, a solução estaria muito perto de De la Rosa.

Heikki Kovalainen.

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , ,
28/11/2009 - 12:04

4 homens, 2 vagas

Compartilhe: Twitter

Untitled 3
Koba, Jacques, Sato e Trulli: serão eles?

Felipe Paranhos

A Lotus está perto de confirmar sua dupla para 2010, temporada de estreia da equipe. Nesta semana, seu chefe e dono, Tony Fernandes, afirmou no Twitter que há quatro pilotos disputando duas vagas.

E são exatamente quatro os pilotos mais especulados: Jarno Trulli, Takuma Sato, Kamui Kobayashi e, mais recentemente, Jacques Villeneuve.

A questão é: há duas semanas, o próprio Fernandes declarou que já havia fechado contrato com um piloto e que iria anunciar este nome “em breve”. O que não se sabe é se esta vaga preenchida foi para o cargo de titular ou reserva.

Villeneuve esteve em Norfolk nos últimos dias para conhecer a estrutura da equipe, mas teve uma derrocada absurda na carreira. Sato seria ótimo nome, já que ele é experiente com equipes novas e o Japão arrisca não ter representante na categoria em 2010. Koba mostrou adaptação incrivelmente rápida à F1, mas seu desempenho em um carro totalmente novo é uma incógnita. Trulli me parece, apesar dos defeitos, o nome mais forte.

Mas algo me diz que vem um japa por aí. Já que a Malásia não tem nenhum piloto que preste — e Fairuz Fauzy deve ser o testador —, nada melhor do que garantir a simpatia dos torcedores de outra parte da Ásia.

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , , , , ,
27/11/2009 - 17:14

Confiança

Compartilhe: Twitter

Entrevistei há pouco Bia Figueiredo. E a coisa que mais impressionou foi a confiança que ela demonstrou com relação à chance de correr na Indy 2010. Sem hesitar, a brasileira afirmou categoricamente que acredita 100% que estará na categoria no ano que vem.

De fato, a possibilidade é realmente grande. Bia estampa bons patrocínios e, apesar da temporada difícil neste ano, já provou que tem talento suficiente para correr na divisão principal. Mais que isso, na Indy, a chegada de mais uma mulher é sempre bem vista. A categoria sabe explorar o carisma das pilotos e é inegável que atrai público. Vide o sucesso de Danica Patrick.

Bia falou que negocia com quase todas as equipes, exceto a Andretti Green, agora Andretti Autosport. Ela mesma vê dificuldade uma vaga na equipe de Michael Andretti, exatamente por conta de outra mulher.

Mas é bem verdade que outros times procuram exatamente esse tipo de atrativo, até para alavancar patrocínios. Vale lembrar que neste ano a Bia venceu o prêmio de piloto mais popular da Indy Lights.

Autor: - Categoria(s): F-Indy Tags: , , ,
27/11/2009 - 12:50

Hey, Ho, let's go

Compartilhe: Twitter

A1GP World Cup of Motorsport 2008/09, Round 3, Sepang

Felipe Paranhos

Ho-Pin Tung vai testar pela Renault em Jerez. Tenso. Muito tenso.

Se bem que ele ganhou uma corrida na Superliga este ano, né…

Afe, mas é tenso mesmo assim.

Atualização às 14h11 de 28/11: O Eduardo Azeredo, que manja muito de automobilismo, me deu um “toma” nos comentários: é esta ultrapassagem do Tung sobre o Jeroen Bleekemolen na A1GP. Acho que tem Powerboost e tal, não vi a corrida pra saber as condições do carro do holandês, mas, não é nada, não é nada, foi bonita pra caralho. Vejam:

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , ,
26/11/2009 - 21:37

A chance de JR

Compartilhe: Twitter

02DH5413-6642

Felipe Paranhos

Fui mais um a ficar surpreso com a escolha da Force India para os testes coletivos em Jerez de la Frontera, nos três primeiros dias de dezembro. Todos esperavam a convocação de Karun Chandhok e Neel Jani, que têm estreitas ligações com a Índia. A equipe de Vijay Mallya preferiu Paul Di Resta e JR Hildebrand, que, segundo o dirigente, tiveram desempenho “incrível” nos simuladores da McLaren. E, convenhamos, fez bem.

Dizer que Hildebrand tem a chance mais importante de sua carreira parece óbvio. Mais do que um teste em uma equipe de F1, entretanto, o atual campeão da Indy Lights tem a oportunidade de se firmar como piloto de nível mundial. As quatro vitórias do norte-americano nesta temporada foram em circuitos mistos: Long Beach, Watkins Glen, Edmonton e Sonoma.

Ainda que nove das 17 etapas da Indy de 2010 sejam em mistos, gostaria de ver Hildebrand competindo contra os pilotos europeus, que têm uma formação mais forte em circuitos não-ovais. Mas, evidentemente, JR terá muitas dificuldades com o carro da Force India, sobretudo pela diferença de potência entre os carros da Lights e da F1.

Mas o rapaz é talentoso, acho que vai vingar. Mesmo que não brilhe nos testes coletivos — o que é mais provável. A propósito, me respondam: tem alguém da Indy ou da Indy Lights que vocês queiram ver na F1?

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , ,
25/11/2009 - 11:00

Santander – Massa: Desafio e 500 Milhas

Compartilhe: Twitter

Felipe Massa estampará a marca do Santander, que recentemente anunciou acordo com a Ferrari para os próximos anos, nas duas competições de kart mais importantes de fim de ano no Brasil. O piloto terá o patrocínio do banco espanhol tanto no Desafio das Estrelas, que acontece neste final de semana em Florianópolis, quanto nas 500 Milhas da Granja Viana, que serão realizadas no início de dezembro, entre os dias 4 e 5.

A confirmação do apoio do Santander não chega a ser uma surpresa, mas é algo que só deveria acontecer na próxima temporada da F1, quando a Ferrari passar a exibir a marca nos carros e nos macacões dos pilotos.

Autor: - Categoria(s): F1, Kart Tags: , , , ,
25/11/2009 - 00:00

Sou um ingênuo

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

Trabalhar com esporte causa essas coisas às vezes. Você se acostuma com determinados ambientes, atletas, e daqui a pouco leva um choque de realidade — ô expressão sem graça, aliás. Foi o que aconteceu quando vi esse vídeo do Campeonato Brasileiro de Marcas e Pilotos.

É um carro com a traseira pegando fogo. Nada de mais, pode ser por mil motivos, acontece em todas as categorias. O que me espantou foi o autódromo — se é que se pode chamar de autódromo algo que tem barrancos e cerca de roça como barreiras de proteção.

Sério. Adotou-se um formato econômico — e até interessante — para reconstruir o Campeonato, realizado inteiramente no fim de semana de 13 a 15 de novembro, em Cascavel. Só que o Zilmar Beux não tem a menor condição de abrigar um evento que receba o nome de Brasileiro — ou, sendo sarcástico, se ajusta perfeitamente ao que é o automobilismo deste país. O evento tem chancela CBA, e o presidente da digníssima entidade lá esteve.

Por intermédio do ótimo BLuc, do jornalista e locutor Luciano Monteiro, descobri que o circuito de Cascavel é particular. Soube também que muitos pilotos reclamaram da altura da grama das áreas de escape — e que um participante do Metropolitano de Marcas e Pilotos, Gilliard Chmiel Jr, que lá estava como espectador, se ofereceu, cortador na mão, para ajudar e aparar.

Um dos pilotos que correram com Gol, Ka, Corsa, Corsa Sedan, Clio e Palio ajustados à competição disse a mim, inclusive, que a última bateria foi autorizada sob uma tempestade que inviabilizava uma competição de automóveis. Havia poças em toda a extensão do circuito, um convite à aquaplanagem e aos acidentes. Somando-se isso à pouca segurança do autódromo… Segundo a fonte, a situação era tensa para quem estava dentro dos carros, mas deu tudo certo.

Ainda acho que o automobilismo brasileiro flerta com a morte. E pilotos e equipes, que se esforçam para correr neste país, não merecem isso.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , ,
24/11/2009 - 19:19

Bovinas 5 – e fim de papo

Compartilhe: Twitter

Está tarde, eu sei, para falar de Stock Car. Mas o trabalho do domingo foi intenso, e só agora consegui uns segundinhos livres para fazer isso.

Sobre a corrida: não é segredo para ninguém que não gosto das corridas da Stock. Mas a de Tarumã foi, sim, legal – teve ultrapassagens, brigas por posições; enfim, tudo que se espera de uma prova. O novo carro parece ter casado bem com a pista gaúcha.

Que, esta sim, está NOS PÉ DA ÉGUA. Todos os pilotos foram unânimes em dizer o quanto apreciam guiar em Tarumã, mas todos também ressaltaram o óbvio: não dá mais. Falta tudo que é possível imaginar de estrutura. Os boxes são minúsculos e apertados, as áreas de escape parecem campos minados, não há guard-rail para proteger dos barrancos. Até mesmo para a imprensa é péssimo, pois a sala fica no meio do nada, sem que tu possa enxergar a pista. E, pra completar, ela fica DESNIVELADA, caindo para um lado. Péssimo.

Sobre o título: merecídissimo. Aliás, vou cobrar de Cacá Bueno na próxima corrida em que eu for, pois ele se deu bem em todas as coberturas que eu fiz até hoje – venceu em Santa Cruz e Tarumã no ano passado e foi campeão neste ano. Mas, brincadeiras à parte, o piloto da Red Bull é hoje o melhor do Brasil, sem nenhuma dúvida. Quem tenta transferir a ele a raiva que tem do Galvão não faz NENHUM SENTIDO. Ele já fez merda, óbvio – como acusar o GP de mentiroso no ano passado, e de ter mandado o público (acho que de Brasília) tomar no cu mostrando o dedo, etc, mas isso não tira o fato de que o cara é um PUTA piloto de turismo. Está de parabéns.

E, last but not least, eu tive a chance – oportunizada pelo grande Otazú, assessor de imprensa de uma camaçada de pilotos e da Goodyear – de dar uma volta rápida em Tarumã a bordo do carro da fornecedora de pneus, pilotado pelo Júlio Campos, campeão antecipado da Pick-up. E, olha, foi SENSACIONAL. Tentei filmar, mas ficou uma merda, com a câmera digital que eu tenho. É impossível se controlar no carro sem ter no que se segurar, e é incrível ver como é dar um verdadeiro pau em um carro no circuito mais rápido do Brasil.

Tarumã vai deixar saudades. Tomara que alguém consiga remediar o que for necessário no circuito.

E vejam o vídeo da volta:

Câmbio e desligo sobre o assunto,
Francisco Luz

Autor: - Categoria(s): Stock Car Tags: , , ,
24/11/2009 - 11:53

Kimi mais perto do Mundial de Rali?

Compartilhe: Twitter

Sem lugar na F1, o destino de Kimi Raikkonen em 2010 parece cada vez mais próximo do rali. De acordo com o site “Automoto365”, o finlandês assinou um pré-contrato com a Citroën para a próxima temporada.

Raikkonen inicialmente era cotado para a vaga de Heikki Kovalainen na McLaren. O cockpit inglês, na verdade, era a única alternativa, segundo o próprio piloto, para permanecer no Mundial no próximo ano. Mas como se sabe as negociações fracassaram. Entende-se que alguns aspectos financeiros e compromissos com patrocinadores tenham minado o acordo. O time britânico, então, optou por Jenson Button.

Após o anúncio da compra da Brawn pela Mercedes e da transferência de Button para a escuderia de Woking, o nome de Kimi surgiu com força para ocupar um dos carros prateados. No entanto, os rumores de que teria fechado com alemães foi desmentido por Kimi que, mais uma vez, insistiu em um ano sabático na F1.

Mas ida de Raikkonen para o Mundial de Rali é vista com bons olhos. Será a primeira vez que a categoria terá um campeão mundial de F1 disputando a temporada toda. Além disso, é uma forma de reforçar o campeonato, que nos últimos meses perdeu fabricantes importantes como a Subaru. Seria um grande empurrão.

No momento, não se sabe a natureza do contrato de Kimi com a Citroën. Mas acredita-se que o piloto tenha duas possibilidades: a de defender a equipe júnior da fábrica gaulesa ou correr junto com Petter Solberg.

Autor: - Categoria(s): F1, Geral Tags: , , , , ,
23/11/2009 - 13:34

Klien: foco para 2010 é vaga na F1

Compartilhe: Twitter

[Nota escrita por Luana Marino]

Na expectativa de retornar à F1 na próxima temporada, Christian Klien afirmou que só vai assinar algum acordo com a Peugeot para correr as 24 Horas de Le Mans no ano que vem caso não acerte com nenhuma equipe na principal categoria do automobilismo. O piloto explicou que a decisão foi em função dos calendários das categorias, que vão coincidir no fim de semana da tradicional prova de turismo.

“No momento, eu estou focando em todas as minhas opções na F1”, afirmou o austríaco de 26 anos. “Portanto, agora não posso fechar com a Peugeot para Le Mans por causa do conflito de data com o GP do Canadá, que será no dia 13 de junho”, salientou.

Piloto de testes da BMW nesta temporada, Klien tem como principais opções as novatas Manor, USF1 e Lotus, assim como o espólio da BMW, vendido para o grupo suíço Qadbak, mas que ainda não teve a sua entrada confirmada para o Mundial de 2010.

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , ,
Voltar ao topo