Publicidade

Publicidade
23/11/2009 - 12:57

Nico: meta é ser líder na Mercedes em 2010

Compartilhe: Twitter

Continuando com a saga das notícias publicadas no blog…

Confirmado como piloto da Mercedes em 2010, Nico Rosberg está ambicioso. Em entrevista à revista “Autosport” após o anúncio de sua contratação, o alemão afirmou estar confiante no carro da equipe para a próxima temporada e disse que não se preocupa com quem será seu companheiro, apesar dos rumores envolvendo o nome de Michael Schumacher.

“Minha meta é muito alta. Quero vencer corridas pelo menos. Depois, vamos ver. Precisamos esperar alguns meses para ver como o carro estará, mas estou confiante de que teremos um pacote forte”, declarou. Nesta temporada, Nico terminou o Mundial de Pilotos em sétimo, com 34,5 pontos. Seu companheiro, Kazuki Nakajima, acabou o ano zerado.

O alemão se mostrou muito feliz em fazer história na Mercedes. “É incrível. É, definitivamente, uma coisa muito especial. A última vez que um alemão pilotou uma Flecha de Prata foi em 1955, muito tempo atrás. Já estava na hora de um alemão estar na Flecha de Prata novamente.”

“Ser líder de uma equipe é algo que eu realmente gostaria de me transformar. Vou lutar para atingir este status, trabalhando com a equipe, ganhando o respeito dela. Quero me tornar um líder tomando o rumo técnico e com resultados na pista”, continuou.

Provável rival de Lewis Hamilton e Jenson Button na luta pelo título de 2010, Nico não quis dizer quem será melhor na McLaren. “É difícil dizer. Vamos ver no ano que vem, quando estarão um contra o outro. Não tenho certeza. Já corri contra Lewis e posso dizer que é um grande piloto. Jenson é mais difícil de julgar, mas, certamente, é um piloto fantástico”, disse.

Rosberg afirmou que o fato de a Brawn ter se tornado uma equipe de montadora foi “um fator importante” em sua decisão. A possibilidade de competir ao lado de Schumacher, entretanto, não foi comentada. “Não gostaria de falar sobre isso, me desculpe. Não me preocupo com quem será meu parceiro na equipe. O importante é que ele se encaixe bem no grupo para que possamos nos dedicar à Mercedes.”

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo