Publicidade

Publicidade

Arquivo de fevereiro, 2010

10/02/2010 - 10:57

Di Grassi se prepara para estreia em Jerez

Compartilhe: Twitter

Os treinos coletivos da F1 em Jerez de la Frontera contam com a presença de mais um brasileiro: Lucas Di Grassi. Depois de apresentar o VR-01 na semana passada, a Virgin vai fazer sua estreia oficial na segunda série de testes do ano. Timo Glock pilota o carro nos dois primeiros dias – quarta (10) e quinta (11) –, enquanto o brasileiro assume o comando do modelo na sexta (12) e no sábado (13).

Di Grassi já está em Jerez e apareceu no circuito espanhol nesta quarta. O Grande Prêmio, que tem o repórter Marcelo Ferronato como enviado especial à Espanha, conversou com exclusividade com o piloto no motorhome da Virgin.

Lucas falou sobre suas expectativas para 2010. Disse que a equipe está dando o apoio necessário para que ele, que estreia na F1 como titular neste ano, se sinta à vontade.

O carro da Virgin também foi assunto do papo. Di Grassi afirmou que já deu para perceber em poucos testes na pista de que a base do bólido é boa, sem problemas crônicos, o que era muito difícil, já que o carro era apenas uma ideia há algum tempo.

Mesmo assim, o brasileiro não quer tirar uma conclusão precipitada, já que o time é novo e deve sofrer com problemas ao longo do ano por esse fato. Apesar de saber que a escuderia não vai brigar com os primeiros colocados, o piloto acredita que haverá uma evolução de performance durante a temporada, até porque, segundo palavras de Di Grassi, o trabalho da Virgin está no mesmo nível de outras equipes.

O internauta pode conferir essas e outras opiniões do representante de um dos quatro times estreantes na F1 em 2010 aqui no BloGP, que traz a íntegra da entrevista que o GP fez com Lucas.

Ouça aqui a entrevista com Lucas Di Grassi, direto de Jerez de la Frontera, na Espanha

Marcus Lellis – @marcuslellis

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , , , , ,
09/02/2010 - 14:52

Resta nada

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

Há quem goste das mais diversas ideias em capacetes. Mais simples, mais presepeiro, bem-humorado, mil maneiras de pintar aquilo que o identifica diante dos outros. Mas convenhamos… Que puta capacete feio esse do Paul Di Resta. Tem tudo e não é nada.

CascoDiResta

Eu acho o do Liuzzi — esse aqui embaixo, à esquerda — um dos capacetes mais legais do grid. Tem a identificação com a bandeira da Itália, mas, como faz o Di Grassi com as cores do Brasil, não é feita de maneira berrante.

Formula One World Championship

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , ,
08/02/2010 - 13:08

Chama o Stefan

Compartilhe: Twitter

usf1-logo

Felipe Paranhos

A USF1 lançou site novo, um piloto e as desconfianças diminuíram um pouquinho. Até porque a Campos dá sinais bem mais claros de que já ajoelhou. Mas, segundo o jornalista Stéphane Samson, do “Le Parisien”, a equipe estadunidense tem problemas graves.

Citando um integrante da equipe, Samson avisa que o Type 1, carro do time, está [jornalista burro] a DOIS meses de ser concluído. Ou seja, só ficaria pronto no início de abril, depois de pelo menos dois GPs da temporada. Na melhor das hipóteses, chegaria à Malásia, para a prova do dia 4 de abril, sem fazer nenhum teste coletivo, sem fazer nenhuma volta em um circuito de F1.

O jornalista ainda menciona uma fala do funcionário do time. “Pechito [José María López, piloto contratado] veio à fábrica, mas ainda não há célula de sobrevivência.” Ou seja, não tem nem um cockpitzinho estilizado, nada.

Ô Stefan, não dá pra fazer uma equipe B?

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , ,
06/02/2010 - 18:19

Salu na Truck

Compartilhe: Twitter

Paulo Salustiano não vai correr na Stock Car em 2010. O paulista vai disputar a F-Truck neste ano e, como se sabe, não existe a possibilidade de competir nas duas categorias. Salu acertou sua vida nos caminhões com a Volvo e vai ocupar o lugar de Danilo Dirani, que assinou com a Ford.

Em 2009, o piloto de 26 anos conquistou a primeira vitória na V8, a bordo do carro da equipe de Mauro Vogel, em Interlagos. Apesar do bom começo de campeonato, Paulo esteve longe de uma boa temporada. Não se classificou para o playoff e finalizou o ano na 17ª colocação, com 42 pontos.

Evelyn Guimarães

Autor: - Categoria(s): Stock Car Tags:
05/02/2010 - 12:29

Barrichello e videogames, 19 anos atrás

Compartilhe: Twitter

Páginas1e2

Felipe Paranhos

“É incrível o grau de realismo do jogo. As pistas, por exemplo, são idênticas às originais. O carro também responde bem aos comandos”. Nem rFactor, nem GTR Evolution, muito menos F1 2009: o jogo em questão é Super Monaco GP.

E o autor da frase, pasmem os que ainda não leram alguns comentários sobre o assunto em outros posts, é Rubens Barrichello, ainda na F3 Inglesa, em entrevista à revista Ação nº26, de março de 1991. Era a segunda edição da “A Semana em Ação – Especial Games”, que viria a ser somente Ação Games, principal revista dedicada a jogos no país.

O piloto testou Super Monaco GP para a publicação e fez comentários perfeitamente adequados à época em que aquele era o ápice que a indústria dos videogames conseguia produzir, com as mais diversas aberrações, como carros de F1 que chegavam a 430 km/h, que perdiam considerável velocidade quando passavam nas zebras, e faziam curvas fechadas sem que o jogador nem tocasse o dedo no freio.

Mas era o melhor que havia. E era legal, acreditem. Mas o que fica claro é que não foram só os jogos de corrida que mudaram nos últimos 20 anos. A diagramação das revistas também. Sem falar na TV, clássica, de caixa de madeira. E o Barrichello tinha cabelo.

Fantástico!

P.S: Meus agradecimentos ao Fabio Filocreão, que postou os links nos comentários, e ao Mister Ape, site que disponibilizou os scans. Aqui e aqui, em tamanho maior.

Páginas3e4

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , ,
03/02/2010 - 14:50

O retorno ao habitat natural

Compartilhe: Twitter

Michael Schumacher voltou. Apesar de Fernando Alonso estrear na Ferrari em seu país, as atenções da mídia estão voltadas para o retorno do heptacampeão mundial. Todas as coletivas são muito disputadas, alguns jornalistas chegam a fazer plantão em frente à garagem da Mercedes. O alemão é uma espécie de “popstar” da F1.

Mas mesmo sendo “popstar”, Schumi deixou as regalias as quais teria direito de lado. Em vez de se hospedar em um hotel, está dormindo em um motorhome no circuito Ricardo Tormo, em Valência, na Espanha.

Por causa disso, houve uma pergunta bem interessante na entrevista feita nesta quarta (3), último dia de treinos coletivos, com o veterano. Questionaram: “Alguma coisa perturba seu sono de noite?”. A resposta não poderia ser mais sintomática. E que simboliza bem o momento de Schumi.

“Não, eu durmo realmente bem. Até mesmo quando os motores e os geradores estão ligados, eu durmo que nem um bebê. Então, é bom”, disse Michael.

Os motores não perturbam o alemão. Ele se sente muito bem ao lado deles. Schumacher está de volta ao seu habitat natural.

Marcus Lellis – @marcuslellis

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , , , , , ,
03/02/2010 - 11:43

Dale Virgin

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

Quando saiu a primeira imagem do carro da Virgin, com Timo Glock, Lucas Di Grassi e Luiz Razia, quase me perguntei pelo Justin Wilson. É que a pintura da do VR-01 lembra bastante o carro da Dale Coyne que o piloto britânico usou na temporada 2009 da Indy. Vejam:

Virgin

58598336
Mas há quem diga que o próprio carro em si, o design, lembra um carro de Indy. O que acham?

Autor: - Categoria(s): F-Indy, F1 Tags: , ,
02/02/2010 - 17:54

Barrichello vive momento de aprendizado em equipe

Compartilhe: Twitter

Rubens Barrichello quis fugir de uma análise fria de resultados e celebrou o avanço do trabalho da Williams no segundo dia de treinos coletivos da F1 no circuito Ricardo Tormo, em Valência, na Espanha, nesta terça-feira (2). Em entrevista dada aos jornalistas presentes na pista espanhola – incluindo o repórter do Grande Prêmio, Marcelo Ferronato –, o piloto da Williams afirmou que agora é um momento de aprendizado.

Ao responder a pergunta feita pela reportagem do GP sobre as diferenças dos dois treinos realizados nesta semana, Barrichello disse que o carro mudou bastante de segunda para terça. E foram mudanças que vieram para melhor.

Apesar de não chegar ao tempo ideal – foi o quinto colocado –, o brasileiro preferiu não entrar em pânico e ressaltou a dificuldade para ler e fazer uma análise da F1 atual devido ao fim do reabastecimento. Rubens contou que só testou até agora com bem mais da metade do tanque cheio, nunca menos, o que deixa o carro mais lento.

No mais, Barrichello demonstrou estar em lua-de-mel com sua nova equipe e fez uma série de elogios aos novos companheiros.

Aqui no BloGP, o internauta pode conferir o que o brasileiro falou após mais um treino de pré-temporada da F1.

Ouça aqui a entrevista com Rubens Barrichello, direto de Valência, na Espanha

Marcus Lellis – @marcuslellis

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , , , , , ,
02/02/2010 - 15:30

Massa usa dia para entender acerto de carro pesado

Compartilhe: Twitter

Dois dias de treinos coletivos, dois dias na liderança. Felipe Massa fechou sua participação nas sessões que abrem a pré-temporada da F1 em 2010, em Valência, na Espanha, nesta terça-feira (2). Na hora de conversar com os jornalistas brasileiros presentes no circuito Ricardo Tormo – entre eles, Marcelo Ferronato, do Grande Prêmio –, o resultado foi deixado de lado. Os comentários ficaram em torno do trabalho que foi feito para entender o acerto de um carro que estará bem mais pesado nesta temporada, em função do fim do reabastecimento.

O piloto da Ferrari também falou sobre outras novidades do regulamento, como a nova pontuação do Mundial. Ainda opinou sobre a nova regra em que os pilotos terão de usar os mesmos pneus da última fase da classificação na largada das corridas. Segundo Massa, o problema não está no desgaste dos pneus, mas, sim, na escolha do tipo, que pode influenciar positiva ou negativamente.

Por fim, o GP perguntou a Felipe sobre como anda o relacionamento com Fernando Alonso, que esteve no circuito de Valência nesta terça e provocou grande agito nas arquibancadas do autódromo, que estavam lotadas. O espanhol faz sua estreia pela Ferrari nesta quarta (3).

Aqui no BloGP, o internauta pode conferir o que o brasileiro falou após mais um treino de pré-temporada da F1.

Ouça aqui a entrevista com Felipe Massa, direto de Valência, na Espanha

Marcus Lellis – @marcuslellis

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , , , , ,
02/02/2010 - 11:56

Who?-quem?-berg

Compartilhe: Twitter

Eu já trabalhei com futebol e sei muito bem como é difícil trabalhar com esses jovens jogadores que se acham a última bolacha do pacote. Começam a despontar no esporte, fazem um gol em um jogo importante e, pronto, se tornam um poço de arrogância, isso sem ao menos construir uma carreira de respeito.

Agora, transportem esse cenário para a F1. A situação piora, já que se trata de um esporte de salários milionários e egos na estratosfera.

Pergunto aos internautas e leitores do BloGP: quem é Nico Hülkenberg? Um piloto que está despontando, ganhou o campeonato da GP2 e agora tem a sua grande chance na F1, como companheiro de Rubens Barrichello na Williams. Bom currículo, mas nada para alguém se sentir um gênio da raça.

Nosso repórter em Valência, Marcelo Ferronato, encontrou Hülkenberg no circuito Ricardo Tormo. Primeiro, observou o tratamento que o piloto dá para os fãs da categoria. Um torcedor espanhol pediu para tirar uma foto com o alemão, que, pelo menos, o atendeu. Após registrar a imagem, o fã, muito feliz de estar com um piloto da F1, estendeu a mão para cumprimentar o que poderia ser um novo ídolo. Ficou no vácuo.

Marcelo foi cumprir sua função de jornalista para falar com Nico, mas sua assessora foi, no início, intransigente. Outra coisa estúpida na F1, por que um piloto não pode falar, tem de ser tudo conforme um roteiro? Mas, nesse ponto, somos chatos e não desistimos.

O repórter do GP pediu só uma pergunta, e a assessora cedeu. Hülkenberg respondeu. De forma seca, mas respondeu. Sem muito material, Ferronato tentou ao menos mais um comentário do germânico, que lançou: “Não era só uma pergunta? Era só uma pergunta”. Ele se virou e foi embora.

Já vi grandes gênios do esporte serem humildes ao extremo e pararem tudo só para atender um jornalista ou fã. Depois de passarem por muitas histórias, ganharem muitos títulos, essas figuras ilustres têm a dimensão da importância de suas palavras e atos. Por isso, são ainda mais gigantes.

Se uma estrela fizesse o que o piloto da Williams fez, poderia relevar, mesmo sem continuar concordando. Mas volto a questionar: quem é Nico Hülkenberg no universo da F1? O que ele já fez no esporte para se colocar em um pedestal inatingível?

Por essas e outras que a F1 está cada vez mais distante de seus fãs.

Marcus Lellis – @marcuslellis

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , , , ,
Voltar ao topo