Publicidade

Publicidade
31/05/2010 - 15:01

Sopro de vida

Compartilhe: Twitter

O Rio de Janeiro recebeu neste fim de semana o Racing Festival, evento apadrinhado por Felipe Massa e que reuniu de uma só vez uma categoria de turismo, o Trofeo Linea, uma de motos, a 600 Hornet, e uma de monoposto, batizada de F-Future.

É claro que o Linea contou com a presença de nomes famosos e respeitados do automobilismo nacional, tais como Cacá Bueno, Ricardo Maurício, André Bragantini, entre outros, as duas baterias foram movimentadas, com disputas do início ao fim, brigas, discussões, punições e tudo mais. Mas falemos, por ora, da F-Future.

Dez carros alinharam no agonizante circuito de Jacarepaguá (sobre ele, aliás, eu falo depois). É pouco, claro, mas foi apenas a primeira rodada de um campeonato que acabou de nascer, mas que já conta com uma molecada abusada e boa de braço.

Foi interessante acompanhar o trabalho desses meninos, que têm de 15 a 18 anos, durante o fim de semana. O carioca Nicolas Costa, por exemplo, mostrou que vai dar trabalho aos colegas, talvez até pela experiência que já tem do Skip Barber. Na primeira bateria, por exemplo, Nicolas fez a pole, mas empacou na largada. Caiu para sétimo, mas aí começou uma corrida de recuperação até chegar no segundo lugar. Talvez se ainda tivesse tempo, lutaria pelo primeiro com Francisco Alfaya, o vencedor.

Alfaya, aliás, foi o menino que mais chamou minha atenção, não pelo estilo de pilotagem ou por algum lance sensacional na pista, mas pela simplicidade e pelo sorriso fácil. Quando o entrevistei pela primeira vez, logo após a coletiva do treino classificatório, me apresentei, dizendo que era do Grande Prêmio, e ele sorriu meio tímido dizendo “Oi, eu sou Francisco”.  Durante a rápida conversa, me explicou que veio “da terra”. Aos desentendidos: Francisco corrida na Mini Fórmula Tubular, uma categoria que compete em circuitos de terra. Como o kart era muito mais caro, a família do menino optou pela iniciação num terreno totalmente diferente da realidade para a maioria dos demais pilotos.

E foi aí que ele se destacou, conquistando campeonatos no Rio Grande do Sul. Depois, conseguiu dinheiro e comprou um fórmula, disputando mais campeonatos gaúchos. Agora surge o “portão”, como ele mesmo definiu, e Alfaya consegue a primeira vitória da história da Future. Na coletiva, novamente o jeito simples de menino do interior chamou minha atenção. Francisco ainda contou que teve a torcida mais que especial de um grupo de mais ou menos 30 pessoas vindas diretamente de Tapes, sua cidade natal. Fora os avós, tios, pais, amigos… todos presentes em Jacarepaguá.

O caminho trilhado por Alfaya mostra bem o retrato da base do automobilismo nacional, onde o piloto precisa encontrar meios dentre as poucas opções que se tem para manter vivo o sonho de ser piloto. E é por isso que acho que tive grande simpatia pela F-Future e por esses meninos, porque parece que finalmente o monoposto no Brasil ganhou um sopro de vida.

Tomara mesmo que dê certo, e a gente possa ver esses garotos realizados lá na frente.

Luana Marino

Autor: - Categoria(s): Trofeo Linea Tags: , ,

Ver todas as notas

8 comentários para “Sopro de vida”

  1. MARCOS ANDRÉ RJ disse:

    REALMENTE AS PROVAS FORAM MUITO BOAS, O QUE A ORGANIZAÇÃO DO EVENTOU PECOU, FOI RESTRINGIR A ARQUBANCADA COBERTA PARA SEUS CONVIDADOS, NÃO DANDO A POSSIBILIDADE DE QUEM AMA AUTOMOBILISMO E FREQUENTA AQUELE AUTÓDROMO HÁ 27 ANOS, ASSISTIR A PROVA NUM LOCAL DESCENTE …NEM PAGANDO ….OUTRO PECADO FOI INVERTER O HORÁRIO DE LARGADA DA LINEA COM AS MOTOS…RESULTADO…CHEGUEI QUASE NO MEIO DA PRIMEIRA BATERIA DO LINEA E A GALERA DA MOTO PERDEU BOA PARTE DA HORNET….RESULTADO DUAS TORCIDAS INSATISFEITAS. OUTRO GRAVE PROBLEMA FOI A DESORDEM DO LADO DE FORA DO AUTÓDROMO, TINHA MAIS FLANELINHA DO QUE TORCEDOR…EXTORQUINDO OS INCAUTOS POR R$ 15,00 PELA VAGA…QUE É NOSSA POR DIREITO.

  2. williams james cabelinho disse:

    muito estimulante esta nova categoria estive lá durante todo sábado e domingo,e vi que o f future é uma grande escola.vi de perto e fotografei todos os detalhes do carro é de excelente qualidade e de boa potência prá quem quer ir mais longe.conversei com os mecânico e me informara que tem 180 hp e cambio frances uma mecânica simples e eficiente.parabéns ao idealizador do projeto.sem falar no linea que deu grandes emoções ao público que assistiu um pega de altissima qualidade em pilotagem,principalmente a derrapagem controlada do silva vencedor da segunda bateria ,saiu da pista na entrada do s e não perdeu a liderança parabéns garoto,a moto que é meu forte pois corri 20 anos e sei o quanto é dificil a categoria monomarca é uma briga feia vários jovens com a adrenalina a todo vapor querendo ser o campeão,a segunda bateria foi um pega de deixar a turma do mundial de boca aberta de ver o duelo infernal sem falarno tombo do calabrese na entrada da reta e quase foi atropelado pelos outros concorrentes,e como um grande piloto de moto que diferencia os grandes dos médios levantou saiu em busca do tempo perdido e chegou ao final numa atitude de raça que falta a muitos que acham que correr de moto é só para tirar onda de piloto. e o campeão teixeira mostrou que está pronto para ser o campeão da categoria mostrou que não está prá brincadeira,reagiu a todas as investidas de ultrapassagem,e acabou vencendo as duas baterias,e o fabio peasson tambem mostrou muito talento e garra em duelar com o maico teixeira,eo cajuru mostrou que a idade não atrapalha prá quem sabe mesmo parado a anos voltou e mostrou que não é por acaso que foi campeão brasileiro 13 vêzes,parabéns a todos os organizadores deste campeonato pelo excelente sucesso deste evento.

  3. Paulclyver barbosa disse:

    É isso mesmo, felipe massa esta certo de apoio ao novos pilotos. que um dia poderão estar a bordo de um momosposto de f1, ao vencedor desta primeira prova parabens pela sua hulmidade e trabalho, seja sempre assim e boa sorte a todos na formula future, parabens ao blog, a felipe massa e seus cumpinchas e boa sorte Brasil

  4. Eduardo Endo disse:

    Que esse sopro de vida para os carros Formula no Brasil se transforme num enorme sucesso. Parabéns para a Fiat e Felipe Massa.

    Sucesso a todos!

  5. tazio nuvolari disse:

    Com certeza o automobilismo brasileiro necessitava de uma categoria como essa. O mais interessante é q o motociclismo brasileiro ñ existe a muito tempo. Agora, com todos elogiando o Massinha e, inclusive gente escrevendo q o Senna ñ fez nada pelo automobilismo brasileiro etc., eu, a exceção do comentário do Cabelinho, não li em nenhum site, comentários sobre a corrida das motos. Somente falam dos Linea e dos Formulas. Soube q o Cajuru andaria nas motos e só. Não tem resultado, quem são os pilotos quais equipes, c as motos são preparadas ou original, nada. Assim, fica difícil pros caras. Os jornalistas especializados deveriam ser profissionais e informar o público de forma mais imparcial, pois, nem sei como, melhor sei sim, foi no final da década de 70 e inicio dos 80 que ainda tinham corridas de moto que surgiu um tal de Alexandre que andava de 125 especial entre outras, esta era de competição mesmo. depois qual piloto de moto que apareceu? Caito, Cerciari, Renato Muniz, Bareta?????? Quem mais? Os caras ñ tinham categoria depois das 350 q também eram nem meia dúzia de corridas. Agora surgiu esta com força, só que os jornalistas ñ curtem motos, ñ curtiram Netinho andando? Sabem que é Netinho? Sabem quem é o Jacaré , Dionisio Edmar? Ñ, só sabem do Alex Barros que poucos viram andar. E pelo andar da carruagem as motos ficaram para os fissurados que viajam do jeito que dá pra curtir umas corridinhas das duas rodas. Bons tempos das cinquentinha e M50. A braços e deem uma cobertura digna para as motos ou outro Adu Celso só vinte anos após Alex Barros.

  6. DINIZ disse:

    Creio que se o carro do carioca Nicolas Costa nao tivesse dado pau na largada, teria disparado na frente, pois o moleque e’ extremamente rapido.

  7. Henrique disse:

    Parabens a todos em esoecial ao Alfaya, este garoto competiu na Mini Formula Tubular no Campeonato Catarinense de Terra em 2008, onde conquistou o vice campeonato. Tem futuro, é talentoso e toca muito. Parabens a toda a familia Alfaya.

  8. Lucas Toresan disse:

    Aee, Alfaya fez bonito. Na chuva ele anda melhor ainda ! Tomara que no futuro ele nao se esqueça da 1ª Formula que ele andou kkk , tinha so 15 anos ! Parabens pela iniciativa do Massa tbm pela categoria, tomara que aumente o Grid nas Proximas …

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo