Publicidade

Publicidade
07/11/2010 - 00:02

Velha história

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

Diretor do Paddock Club é assaltado no centro de São Paulo

É, essa nota é do ano passado. Às vésperas do GP do Brasil.

E isso aqui?

“- Este Rolex é verdadeiro?
– Gostaria de uma oitava caipirinha?
– Devo parar no sinal vermelho?
– Você gostaria de conhecer uma garota muito bonita que eu conheço?
– Esta é realmente uma garota?
– Você gostaria de mais carne?
– Gostaria que eu estacionasse seu carro?
– Já considerou a possibilidade de viver com apenas um rim?
– Devo parar se um carro bater na minha traseira?
– Minha esposa vai acreditar que a calcinha sensual que eu trago na minha mala é um presente para ela?”

Isso aqui é uma brincadeira da Red Bull com o Brasil, lançada ano passado. Às vésperas do GP do Brasil.

Button sofre tentativa de assalto na saída do autódromo de Interlagos

Essa é de deste sábado. Véspera do GP do Brasil.

E ano que vem?

E em 2014, ano de Copa?

E em 2016?

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , ,

Ver todas as notas

24 comentários para “Velha história”

  1. Junior disse:

    -As autoridades mundiais deveriam se reunir e acabar com todos os eventos de ambito internacional no Brasil, deveriam isolar este pais que de 100% da população pelo menos 75% de seu povo é ladrão, marginal, sequestradores e traficantes, ou seja a maioria do povo brasileiro é bandido, mas como o Brasil é o pais da impunidade isso acaba sendo normal para este pais de bandidos.

    • Terence disse:

      Eu discordo cara, o Brasil é lugar de gente trabalhadora, o problema é que não temos educação e enquanto for assim, não sairemos da merda nunca. E os politicos não estão nem ai, e o povo ainda vota em qualquer um zé ruela para presidente, deputado, senador, etc.

    • Conrado Andrade disse:

      Terence, não é educação que não temos. É respeito.

      Ta… educação tambem… =]

  2. Junior disse:

    É natural que assaltos aconteçam. Afinal os policiais estão ocupados barrando os perigosissímos torcedores que utilizam camisas de clubes de futebol.

  3. lastikas disse:

    Ééééééééééééé amigo, haaaaaaaaaaaaaaaaaaja coração.

  4. Renato Stavis disse:

    Esse é o meu Brasil-sil-sil!
    Onde só tem gente bonita, que tem um jeitinho especial, que é tão cheia de tempero — neste mundo sem sal —, que tem seu gingado…
    Ah, Deus é brasileiro, também! Tudo aqui é lindo, colorido e abençoado!

  5. ba disse:

    “É, aconteceu…”
    Como me orgulho do Prefeito da minha cidade! Ele, sim, tinha que entregar o trofeu do primeiro colocado!!!!!

  6. Ricardo de Bittencourt disse:

    Que bobagem!

  7. Sanzio disse:

    Ahhh, mas a cidade tá limpinha. Não tem mais outdoor, não tem mais puteiro, não tem mais motociclista nas marginais…. Assaltos? Acontecem. Isso tudo deve ser invenção de algum vababundo por aí, né Kassab?

  8. Conrado Andrade disse:

    Em 2006 a Toyota chegou a ser alvejada.
    Anteontem, Button foi vitima de tentativa e a Sauber foi assaltada.

    NORMAL seria se a mãe do Kassab fosse uma dessas “grid-girls”…… fiquei revoltado com a declaração dele.

    E fiquei impressionado com a atitude dos membros da F1. Todos eles, pelo menos publicamente, trataram o episódio com muita calma e sabedoria. Foram até um pouco ingênuos, no que diz respeito a Brasil….

    E é por essas e outras que tenho vergonha de ser brasileiro…

  9. Fernandão disse:

    Voce foi se informar com a polícia para saber quantos assaltos aconteceram no GP? Informe a gente por favor, queremos saber se o número foi absurdo ou se foram apenas os dois assaltos tão citados. O que sabemos DE VERDADE é que a segurança está melhorando muito em São Paulo nos últimos anos, apesar destes governos obtusos. No aguardo.

    • Felipe Paranhos disse:

      Nâo pode acontecer nenhum, Fernando. É um grande evento, com visibilidade no mundo todo. Lucas Di Grassi teve seu relógio levado na semana do GP, Jenson Button sofreu uma tentativa de assalto em que os bandidos usavam metralhadoras, três engenheiros da Sauber perderam seus celulares e pertences… Você quer mais o quê? Acha pouco? Não sou de São Paulo, não sei como anda a segurança em relação a anos passados, mas, tendo acontecido tudo isso, tenho certeza de que São Paulo está muito, muito, muito longe de ser uma cidade segura.

  10. marcão disse:

    Um aqui fala que 70% da população é criminosa, outro tem vergonha do país, outro diz que o povo não sabe votar!!

    Porra, cacete, será o povo o unico culpado? E a impunidade serve pra quem, e as liminares que a justiça libera, é pra quem? Os grandes advogados são pagos por quem?
    Com certeza absoluta não é para os trabalhadores em geral, esses “quando compram” seus carros, são populares ou semi-novos, aqueles que não os tem andam de ônibus, trem e metrô…

    Com certeza absoluta o trabalhador nunca vai poder comprar uma mercedes, ferrari, porsche ou os grandes carrões e SUVs da vida, não compram calças de grife, nem tem rolex no pulso,..
    Esses trabalhadores representam mais de 80% da população, então não são eles que são os ladroes e assaltantes, nem fazem falcatruas com o dinheiro publico…
    E eles tem orgulho do Brasil, gostam daqui, se alguns não gostam que vão embora e parem de falar mal do povo, que trabalha, que produs…
    Tá na hora de uma nova mudança, mas dessa vez não é o povo que tem que mudar… Quem tem que mudar é esse que esfola o trabalhador, que sonega impostos de todas as formas, que usa de todas as artimanhas pra não pagar os direitos trabalhistas a quem tem direito…
    Se falta educação, segurança, transporte, saude, a culpa não é do povo….A culpa é desses empresarios corruptos que vivem fazendo doações e proporcionando propinas para esses politicos de merda que tomam conta desse país… Esses empresários sim é que estão com medo da violencia que hoje impera em nosso país, e eles são os maiores culpados do que hoje acontece aqui, eles proporcionaram isso tudo. Essa bandalheira que ai está instalada…. É assim mesmo, as coisas na vida seguem uma unica lei, que é a mais simples de todas que é, cada ação tem sua reação…. Eles plantaram e vem plantando essas reações a muito tempo… Isso é fruto da chamada desigualdade social…. É só analizar a situação atual com um pouco de critério e chegaremos a essa triste conclusão.. Só o povo é que não tem culpa, e é sempre o primeiro a levar pedrada na cara, infelismente…..

    • Felipe Paranhos disse:

      Acho que o cara que falou em maioria da população criminosa estava sendo irônico. Mas entendo o que você quis dizer.

  11. Eric TK disse:

    Acho que a Copa tem tudo pra ser uma bagunça. O GP de Formula 1 ainda é no final de semana, quero ver na Copa, em que os jogos serão durante a semana. O que vai ter de gringo sendo assaltado em congestionamentos, no aperto do transporte público, vai dar dó.
    Quanto à violência, li num jornal de grande circulação no domingo passado, que as políticas públicas melhoraram um pouco a segurança em São Paulo, mas outro fator importante é que os traficantes e bandidos passaram a evitar assassinar as pessoas, porque isso traz a polícia pra perto de onde eles agem, Quer dizer, para os números baixarem, tivemos que ter também uma dose de “conscientização” da bandidagem. Eles continuam por aí, mas agindo de forma mais eficiente.
    Boa sorte pra nós! Vamos precisar!

  12. Fernandão disse:

    Perdão Felipe mas eu acho 3 assaltos pouco. Não que esta seja a melhor propaganda para nossa cidade e para o país, mas cerca de 200 mil pessoas circularam por lá, mais centenas ou milhares de gringos do circo da F1, teoricamente “com grana”, jornalistas e milhares de profissionais de inúmeras áreas, num circuito cercado de favelas, lugar onde ladrões sabidamente se escondem, e só 3 assaltos? É errado mas é pouco, os próprios dirigentes disseram ter achado normal, que em Londres e em grande parte do mundo é assim. Do jeito que a imprensa colocou ficou nítido o preconceito contra Sampa e seus (péssimos) políticos. E essa metralhadora que o Button “achou” que viu é lenda. Alguém já viu por aqui arrastão com seis metralhadoras? Papa furado dele. Se foram só estes assaltos a polícia e a organização do GP está de parabéns, deve ter sido um dos mais seguros GPs do Brasil.

    • Paulo disse:

      É que foram 3 assaltos em pessoas que estavam no foco da mídia. Se eu estivesse lá e fosse assaltado, com certeza não estaria em nenhuma reportagem de jornal. Se fossem 100 iguais a mim, também não. Eu acho que quem assaltou já estava de olho neles. Sabem que costumam carregar objetos de valor. Diferente da gente que no máximo leva um celular e uma câmera fotográfica que cabe no bolso. E pior, quando somos assaltados, não fazemos BO (pra não passar mais raiva) e não ajudamos a mapear a ação do crime na região. Esse seria o nosso dever. Se eles fazem o mapeamento ou não já é outro assunto.
      De qualquer forma, isso arranha a imagem do país, porém não esconde uma realidade, que espero que seja diferente na Copa. Eu acho que deveria ter tido uma segurança maior na região. Muito mais policiais presentes e espalhados. Só a presença já intimida a ação dos vagabundos.
      Em tempo, o povo tem sua parcela de culpa sim, pois é ele que elege seus governantes (Tiririca & Cia). O povo também prefere fazer o assunto virar piada ao invés de ir para as ruas protestar. E não é diferente quando faz GatoNet ou dá uma “caixinha” pro guarda. Então, enquanto não aprendermos a ser cidadãos e fazermos a nossa parte, não teremos o equivalente em troca.

  13. Fabricio disse:

    Falar que o Brasil é lugar de gente trabalhadora… Tá de brinks né?

  14. Nardo disse:

    Acredito que qualquer lugar no Brasil está longe de ser um lugar seguro. Que falta trabalho dos políticos em relação não só a segurança, como educação, saúde, saneamento, etc., não é novidade.

    Acredito que o maior absurdo é diante de um evento internacional, as autoridades ainda ficarem dormindo e não executarem um esquema de segurança reforçado, pelo menos para “tapar o sol com a peneira” esse absurdo de ladrões a solta, roubando e ameaçando pessoas conhecidas e respeitadas em todo o mundo.

    E ainda queremos fazer copa do mundo, olimpíadas, etc., sem poder dar segurança aos visitantes e sem ter dinheiro para gastar. Depois hospitais ficam sem verbas e dizem que o dinheiro foi gasto nos eventos.

    Melhor tomarmos vergonha na cara, arrumar a casa, e depois convidar o mundo para qualquer evento.

  15. mac disse:

    Se isso tivesse acontecido na Suécia, eu ficaria HORRORIZADO!!! Como é no Brasil, acho bem normal, afinal de contas, se não for assim não é Brasil!!! O problema não é educação de “berço” ou educação de escola, é falta de muita VERGONHA NA CARA!!! O Conrado Andrade esta certo, falta respeito, não existe isso entre os brasileiro, somos unidos apenas em época de copa do mundo! Enquanto na França e Inglaterra as pessoas quebram tudo por QUALIDADE DE VIDA, aqui nos matamos com coisas FÚTEIS, como FUTIBOR!!!

  16. Marcelo Louro Silvério disse:

    Caro Fernando, por acaso esbarrei nesta coluna e verifiquei que a maioria dos comentários postados criticam a criminalidade ocorrida durante o GP como algo incomum e típico do “povo”. Nunca vou permitir que se ponha culpa dos crimes em oprimidos, pois ações criminosas como aquelas são perpetradas por verdadeiros profissionais, talvez oriundos da miséria mas que podem ser abastados também. Não se identificam honestamente os comentaristas que ofendem nossa nação como se não tivesem nascido neste contexto violento das cidades brasileiras, como podem ser postados? Crimes existem tanto lá fora como aqui, no Brasil. Não conheço á respeito da vivencia dos comentaristas e nem por onde circulam, mas posso afirmar que precisam amar mais este país. Grande Abraço!

  17. Mário Campos disse:

    Não concordo com a do rim! E mulheres que não são mulheres, existem no mundo todo. So não costumam estar no caminho entre o hotel e o autódromo…

  18. Claudio disse:

    E um brasileiro chamado Jean Charles foi assassinado na Inglaterra pela prestigiosa Scotland Yard. E não consta que eles tenham feito muito esforço para esclarecer o que aconteceu nem punir os responsáveis.
    Eu não quero nem pretendo justificar que tenha acontecido um assalto a uma equipe de formula 1 no Brasil, alias acho horrivel que isso tenha acontecido. Mas achar que só aqui tem bandido, que só aqui acontece isso, desculpem, é no minimo não se dar ao luxo de se informar.
    Como diz um velho provérbio, “quem tiver rabo de palha que fique longe da fogueira”.

  19. Silvio Rodrigues disse:

    Pois é…não é que assaltaram o Bernie em Londres!!! Será que vai ser assim na Olímpiada de 2012?

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo