Publicidade

Publicidade
30/11/2010 - 09:40

Dacar in Rio

Compartilhe: Twitter

FERNANDO SILVA [@fernandomagall]

Em tempos de recesso nas categorias principais do automobilismo mundial, o foco do esporte a motor no fim do ano e começo de 2011 será o Rali Dacar, que de 32 edições, terá a terceira consecutiva disputada entre Argentina e Chile, com os competidores cruzando o desafiador deserto do Atacama.

Para 2012, a rota da maior competição off-road do planeta tem grandes chances de ser alterada, e o Brasil pode ver a largada do mítico rali no Rio de Janeiro. Em matéria divulgada pela revista portenha ‘Corsa’, Etienne Lavigne, diretor do Dacar, admitiu que a prova pode cruzar praticamente todo o continente sul-americano, passando também por Paraguai, Peru, além de Argentina e Chile.

Segundo o dirigente francês, uma das possibilidades de trajeto do novo Dacar em 2012 é que a largada aconteça no Rio de Janeiro, e a chegada, em Lima, capital peruana.

A ideia de integrar a América do Sul por meio de uma competição da magnitude do Dacar, por si só, é muito interessante. O Rio de Janeiro sofre com a falta de uma grande arena para o automobilismo, uma vez que Jacarepaguá deixará de existir muito em breve, e Deodoro ainda é apenas mais um projeto. O Dacar serviria como alento para os fãs brasileiros e cariocas que sentem falta de mais competições de alto nível na Cidade Maravilhosa. Antes palco de provas da F1, Indy e Mundial de Motovelocidade, Jacarepaguá hoje é palco apenas da Stock Car, Racing Festival e campeonatos regionais. Muito pouco para o potencial do Rio. Muito pouco.

Estou na torcida para que o Dacar venha para o Brasil e para o Rio. Alavancaria ainda mais o esporte no país, assim como acontece hoje na Argentina, responsável pelo maior número de inscritos na edição 2011 do Dacar, 85.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , ,

Ver todas as notas

1 comentário para “Dacar in Rio”

  1. Sou só eu que sinto falta do Rali Paris-Dakar no trajeto de Paris até Dakar?

    É legal, o maior e melhor rali do mundo, pilotos de altíssimo nível, envolvimento sério de diversas montadoras… Mas em minha sincera, ignorante e modesta opinião, acho que perdeu um pouco de IDENTIDADE o referido rali.

    Embora seja por um motivo MUITO JUSTO.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo