Publicidade

Publicidade
18/12/2010 - 16:15

Apenas um mal-entendido

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

O Desafio das Estrelas de Kart foi alvo de uma polêmica virtual neste sábado (18). Começou quando Danilo Dirani e Ruben Carrapatoso, dois ótimos pilotos — Ruben foi campeão mundial na categoria Formula A em 1998, com André Nicastro em terceiro —, emendaram uma conversa no Twitter.

Na noite de sexta-feira (17), Carrapatoso fez um comentário ironizando a imprensa automobilística. “Estranho? Final de ano é a unica epoca do ano q os jornalista se lembram de existe o KART !!! #fail”. Em seguida, acrescentou: “PQ SERÁ?”, antes de dar a entender que as “estrelas” do Desafio vieram do kartismo.

Danilo, então, questionou: “E pq sera q n tem kartista la ne man??Medo talvez??haha”. Em clima de brincadeira, aprovou o comentário de um seguidor que perguntou se o não-convite a kartistas era por medo de “tomar passão por fora na TV”.

Piloto da F-Truck, Dirani explicou, logo depois, que não fazia tais afirmações por querer estar em Florianópolis, mas por querer mais atenção para o kart durante o ano, não só quando pilotos de outras categorias fazem a festa de fim de temporada.

O assunto parecia ter acabado quando Tony Kanaan retrucou. “Por essas e outras e que o Kart não e mais o mesmo. O recado ta dado. Mais respeito e bom. Provas como essa e a da Granja só ajudam o kartismo”. Thiago Camilo, piloto da Vogel na Stock Car, concordou com Tony. Em resposta, o baiano endureceu: “Por isso que vão correr de Kart pro resto da vida. Cabeça pequena não vai a lugar nenhum.”

E continuou. “Ninguém tem medo d tomar pau aqui,não e esse o propósito da prova.Quando vcs ganharem um campeonato Mundial em uma categoria principal. Aí quem sabe podem começar a falar tanta besteira. Usem o exemplo Granja e Desafio que se ajudaram e cresceram juntos”. No fim, com personalidade, Tony citou os twitters de Danilo e Ruben.

Explicado o que aconteceu, falo eu. E, sem querer ficar em cima do muro, acho que os dois lados têm razão e perdem um pouco da razão também. A imprensa automobilística dá, sim, muito menos atenção ao kart do que às outras categorias. Primeiro pela noção de que kart é escola para outras categorias, mesmo não sendo só isso. E trata-se de uma noção mundial, não só brasileira. Em segundo lugar porque essa noção é secular, e o tamanho da cobertura jornalística de qualquer lugar mais reflete do que alimenta interesses por algum assunto.

Entendo, porém, que deve ser uma merda se dedicar o ano inteiro ao kartismo e ver, no fim do ano, pilotos de monoposto terem tanto espaço fazendo justamente o que eles fazem por seguidas temporadas. Só que trata-se de um evento privado. Como tal, convida-se quem quiser — e quem seus parceiros quiserem.

O kartismo está representado na prova. Leonardo Nienkötter, representante catarinense, é kartista, conquistou o Brasileiro de Kart e o SKUSA Super Nationals nos Estados Unidos neste ano, em que estreou no Trofeo Linea. Até acho que a família Massa poderia convidar mais gente do meio, mas tem o direito de não fazer. Pode-se falar da presença de um não-piloto, o ator Marcos Pasquim, mas a mim parece claro que a participação dele é uma concessão feita pela organização da prova à TV Globo — conforme já falei em post passado, Pasquim será o protagonista da próxima novela das 7. Concessões são feitas mundo afora, em qualquer negócio/empresa. E, afinal, a Globo transmite as baterias da prova em seus canais aberto e fechado, e isso gera interesse para o kart, tão caro e massacrado por gestões e gestões da Confederação Brasileira de Automobilismo.

É evidente que pilotos consagrados, que demonstram talento e habilidade por anos a fio, não têm medo de enfrentar kartistas profissionais. Achei que a declaração do Danilo sobre o medo foi em tom de brincadeira, mas a linguagem escrita não tem os recursos da falada e às vezes causa um entendimento confuso. Pra mim trata-se de um grande mal-entendido.

Nesta, eu tô com o Allam Khodair, que sempre me pareceu boa gente pacas e segurou a onda da rapaziada no Twitter. Bola pra frente, pessoal.

Autor: - Categoria(s): Kart Tags: , , , , , , , , ,

Ver todas as notas

58 comentários para “Apenas um mal-entendido”

  1. Vitor Saiki disse:

    Falou tudo!

    Mas o Dirani e o Carrapatoso perderam qualquer razão ao apelar para o bom e velho “me deixaram de fora por medo de perder”.

  2. misterjairo disse:

    esse tal de kanaan é muito do arrogante…pretensioso,,,cheio de marra…só p/recordar qto tempo mesmo q ele não ganha nada???se não me engano foi despedido e andou se fazendo de humilde mendingando uma vaga na indy…bastou acertarcom a d ferran e ja está mostrando as manguinhas de fora…se liga ai meu

  3. misterjairo disse:

    dor de barriga num da uma vez só….

  4. Arthur Cerri disse:

    Depois desse “bate-boca” todo, Nelsinho Piquet e o Augusto Farfus tb deram umas cutucadas no desafio…

  5. junio messias disse:

    eu queria ver esses caras saindo no braço da mais ibope

  6. Pagodeiro Bello disse:

    Teremos o desafio de final de ano de carrinhos de rolimã aqui na minha cidade. Evento totalmente lúdico, sem regras ou bairrismo. Entra quem quiser para serpentear pelos 4Km da colina. A rapaziada do Kart, F1 e Indy pode se considerar automaticamente convidada, hehehe… Mas cheguem sabendo que a galera local não vai dar mole não….

  7. Diogo disse:

    Eu prefiro concordar com o Dirani e com o Carrapatoso. A imprensa (em uma forma geral) so se importa com o kart em eventos ‘festivos”, como o Desafio. Se as categorias de base nao tiverem apoio de midia, como elas irao se desenvolver e revelar novos talentos?

  8. André disse:

    O Tony fala muita besteira também. Cada vez que leio o twitter dele, mais me decepciono. Ele fala de categoria mundial, ser campeão, e ele sequer corre em uma categoria mundial, já que a IRL é regional.

  9. silvio disse:

    Bóm dia, F.Paranhos! Não acompanhei esse bate boca,via twitter…mas se foi brincadeira ou não, o Dirani tém toda a razão. E realmente o descaso da midia brasileira para com o nosso kart, e os kartistas é lamentavél,sim!!

    Um bóm exemplo foram as 6hs de Brasilia….onde Nelsinho Piquet,Vitor Meira e outros penaram com os kartistas proficionai e convenhamos né…”quase anônimos” que deram um banho nos badalados.

    E porquê que não houve interesse algúm de divulgação atravéz da midia igual está sendo esse de Florianopolis?

  10. Rafael MR disse:

    Tony foi falou muito bem.
    Alem do mais se o kartismo nao tem mais divulgação nao é por causa do Desafio ou das 500 milhas, ao contrario eles ajudam a divulgar, acontece que por ser um esporte muito caro, pouca gente se identifica com ele, por isso as pessoas preferem assistir futebol, e depois pegar uma bola surrada e num campo qq jogar uma pelada se imaginando ser um Robinho, ou Ronaldo.

  11. Bruno disse:

    Tudo isso por causa de uma corrida de confraternização sem compromisso, que tem até ator convidado??????

    Ah, gente…Me poupe…

    • Doctor House disse:

      Ator especialmente convidado? Depois do Pasquim, quem vem?

      BURGESS MEREDITH, CESAR ROMERO, FRANK GORSHIN, JULIE NEWMAR… ; )

  12. Carlos Alberto Petry disse:

    O automobilismo em geral, tem condições de “criar” um canal de comunicação (TV e Rádio e Jornal) para dar cobertura exclusiva das diversar categorias. Acho que o cara que inventou a expressão “da discussão nasce a luz” tava pensando nisso. Dinheiro o automobilismo tem sim senhor, e se não fazem isto, não podenm reclamar dos canais existentes que não cobrem os eventos como gostaríamos. Fala-se na nossa superioridade sobre os argentinos, eles tdem um canal próprio para o automobilismo, que lá é coisa muito séria mesma e dá um banho no correspondente tupiniquin.

  13. Erick Rabello disse:

    Dor de cotovelo é demais mesmo, se nao me engano o carrapato(so) ja foi convidado uma vez até, imaginem um ano sem o desafio de kart e sem as 500 da granja, quando ouviriamos falar de kart? Essa estorinha ai de ta preocupado com a divulgação do kart pra mim é pano de fundo pra umbiguismo, so quer saber do seu lado, se quisesse saber do coletivo apoiava o evento e nao procurava desvalorizar e fazer chacotas…

  14. jairo faria disse:

    Numa festa desse tamanho e sendo um evento particular e não um campeonato formal, onde o promotor quer mesmo e visibilidade, é natural todo mundo querer cavar um lugarzinho,… até eu, se deixam eu vou!,.. o Pasquim não foi?Infelismente não cabe todo mundo galera. No entanto com esse buxixo todo, quem sabe não serve para organização no próximo ano criar uma peneira , tipo uma qualificação de acesso para galera de raiz ,..de onde viriam por mérito e nas pistas um convite para o evento principal ,..seria um gesto bacana dos organizadores, pois eu acredito mesmo é que que essa historinha de confraternização é só até acender a largada,… depois que largam todo mundo quer mesmo é ganhar ,… afinal é tudo piloto minha gente! E sé não tivesse esse tesão de disputar e brigar por um lugarzinho não seriam pilotos. Obrigado pela opoirtunidade da opinião.

  15. André Vitor Lacativa disse:

    Sobre o desafio das estrelas promover o kart acho balela. Eles sacaneam o kartismo, isso sim. Falam que os karts chegam a 60 km/ h, como falaram no anopassado. Colocaram ator andando de kart. Acho uma palhaçada, pois, o leigo vai achar que kart é fácil. é brincadeira. orisso todos do meio do kart queria um KARTISTA, no desafio. Pode fazer uma enquete. Todos que entende de kart gostariam de ver um representante nosso lá.

  16. Winston disse:

    Um bamdo de marmanjos que perdem corrida pra menina?
    KKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!
    VALEU BIAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  17. Christopher Frederich Henschel disse:

    Falta apóio sim ao Kart, poderia passar na TV as etapas de fds, ou pelo menos reprise, pois em corrida de Kart, as vezes, tem mais pegas, ultrapassagens que em determinada corrida de F1, guardadas as proporções, lógico.

  18. Todos pilotos falaram besteira. A divulgação também não foi para o kartismo – e sim para os pilotos.

    Na verdade tem muito piloto de kart que anda mais que piloto de fórmula. A Bia mesmo é ótima pilota de kart e ganhou por isso, como Dirani, Carrapatoso e outros ganhariam desses pilotos internacionais.

    Entretanto o que vale aqui são os nomes, os pilotos, etc. A globo nem ninguém divulga kart nenhum, mostram corrida de ciclismo, paraquedismo, skate etc – kart nada!!! E chamam skate de esporte radical… hahaha piada!

  19. carlosedu disse:

    O kartismo não tem cobertura da imprensa e se analisarmos o todo, o automobilismo nacional tem muito pouca cobertura.
    Vamos pegar o exemplo da Stock Car. Quando é que tem notícia ? No site Grande Prêmio só na semana da corrida e uma vêz ou outra durante o ano. Nos jornais, zero. Só nas cidades onde tem a prova é que há cobertura. Podem ver qualquer jornal, Estadão, Folha, O Globo e os principais das capitais. Praticamente nada. Para a imprensa só existe Fórmula 1. Culpa de quem ? De todos, imprensa, equipes, organizadores e pilotos. Não existe uma estratégia de marketing que possa gerar notícias o ano todo, os pilotos tem seus assessores de imprensa, mas pouca coisa é publicada, vejo isso há anos. Será que até agora ninguém acordou e viu que a estratégia está errada, será que ninguém parou para pensar o que pode ser feito para que a imprensa possa divulgar o automobilismo além dos finais de semana das corridas. Eu estou muito satisfeito com a cobertura da Fórmula 1, mas as outras categorias ? O brasileiro adora automobilismo, acompanha tudo, mas tem que ficar garimpando notícia. O twiter veio para aproximar o torcedor do piloto, mas a imprensa continua errando, noticiando o que quer, não o que o público quer. O desabafo do Gastão é válido, a réplica do Toni também, mas perde a razão só pela maneira como tratou seus colegas, ou aspirantes a colega. Uma pena, porque o Toni é um grande piloto mas escreveu mais do que o necessário.

    • carlosedu disse:

      escrevi comentário do Gastão (Fráguas), erro meu, quis dizer Rubinho Carrapatoso.

    • Felipe Paranhos disse:

      Como falei aqui outro dia, uma coisa a ser considerada é o fato de que o jornalismo alimenta um interesse, não cria o interesse. Tem mesmo mais gente interessada em F1 do que em outras categorias. Pra mim, a categoria mais legal do automobilismo é a GP2, mas eu sei que, diante do tempo e dos recursos que dispomos, o trabalho será melhor aproveitado se a maior parte da cobertura for feita para a F1. Isso serve para todas as categorias.

  20. José disse:

    É lógico que quem ficou correndo de kart o ano inteiro tá afiado e vai dar show. Dá mesma forma que os pilotos de fórmula estão mais adaptados para as suas categorias. Certamente este kartistas chorões iam tomar muito passão por fora se fossem agora disputar uma corrida de fórmula. Ademais, o Felipe e sua turma não tiveram medo de chamar a Bia para correr, tomaram um baile e ficou todo mundo feliz. Os invejosos aguardem sua vez. O massa devia fazer o encontro correndo de fórmula fiat,etc. e deixar os kartistas chupando dedo, já que não reconhecem o status que o evento dá para o kart.

    • Emerson disse:

      Perfeito seu comentário! É ÓBVIO que não dá pra querer que piloto de monoposto venha correr no mesmo nível que alguém que passou o ano correndo de kart.
      Lembro que há uns 20 anos Christian Fittipaldi e Rubens Barrichello eram os grandes kartistas do país, praticamente dividindo todas as corridas que disputavam.
      Mas não dá pra cobrar deles que tenham o mesmo desempenho no kart do que tinham naquela época, em que só faziam isso.
      Alguns pilotos ficaram com dor de cotovelo e resolveram escrever bobagens. Só teriam direito a reclamar se fosse um evento reconhecido pela CBA. Mas sendo uma festa particular, vai reclamar de quê? Só porque passa na tv querem ir de penetra?????

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo