Publicidade

Publicidade
05/01/2011 - 17:39

Pede pra sair

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

Vitantonio Liuzzi disse, hoje, que a Force India não conversou com ele sobre uma possível saída da equipe. Entenda: Liuzzi, ao contrário de Sutil, tem contrato para 2011. Isso porque, quando ele entrou no time como piloto de testes, fez um acordo que previa dois anos como titular. O primeiro já foi, 2011 seria o outro.

Só que Liuzzi foi ridículo em 2010. Fez 21 pontos, contra 47 de Sutil. Fez bastante besteira. Ele quer o segundo ano como titular, e parece que só ele. A pressão pela promoção de Di Resta é grande, e ninguém que não bebeu dois litros de absinto liberaria o Sutil pra ficar com o italiano.

“Britain’s next F1 Star”, tá lá na capa da Autosport, falando do Di Resta. Cheguei a ler que Liuzzi iria pra vaga do Di Resta no DTM, informação que o próprio Vitantonio negou. Pô, Tonio, tá chato, já. Pelo visto, ninguém te quer aí na equipe. Se não te ofereceram a vaga do escocês, pede você.

Eu iria pra outro lugar. O fato de um piloto não dar certo na F1 não quer dizer que ele não seja muito bom. Tonio sempre foi muito competitivo, venceu a última edição da F3000 em 2004, mas fracassou na F1. Talvez seu maior erro tenha sido se dedicar quase exclusivamente à F1 por cinco anos seguidos, fazendo apenas aparições-relâmpago em outras categorias enquanto trabalhava para voltar ao topo do automobilismo internacional.

Acho que é hora de abrir espaço em outros campos. O DTM pode ser um deles. WTCC, por que não? Como dizem aqui na Bahia… Tonho, para que tá feio.

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , ,

Ver todas as notas

15 comentários para “Pede pra sair”

  1. Chubber disse:

    Falou tudo certo,só que como Liuzzi tem um monte de gente que já deveria pedir para sair também caso do Trulli, Bruno Senna, Kovalaine e o Glorioso Schumacker que foi uma aberação. Em contrapartida o diGrassi e Hukenberg e estam fora que pena não é.

    • Gilles_Senna disse:

      Tirando o Liuzzi (que não é mau mas não tem feito grande coisa) todos os outros que refere têm potencial para a F1.

      O Bruno Senna teve um excelente teste e merecia ter entrado com a Honda. Infelizmente os japoneses abandonaram de uma forma que não permitiu à equipa continuar ativa nesse Inverno europeu de 2008 o que foi fatal para o Bruno. Mas o pior foi o Ross Brawn ter andado a empatá-lo, dando-lhe esperanças de entrar. Quando finalmente escolheu o Rubens (tarde e a más horas) já não havia lugares credíveis no GP2 e o Bruno foi quase forçado a passar mais de um ano longe dos fórmulas. Foi isso que estragou a carreira dele. Por isso (e porque não teve dinheiro para comprar bons lugares, como fez o Petrov) não conseguiu uma equipa em condições para fazer a sua estreia na F1. Agora a sua melhor opção é como piloto de reserva. Mas ele ainda só tem 27 anos. Recordo que Damon Hill entrou na F1 com 32 anos e ainda foi campeão. O Bruno teve uma evolução mais rápida do que o Hill nas fórmulas de promoção e também esteve bem melhor no primeiro teste na F1. Com as mesmas condições e oportunidades que o Hill teve faria certamente bem melhor. Ficando afastado da competição é que será mais difícil, pois não tem ocasião de evoluír. Alonso em 2002 e Massa em 2003 fizeram milhares de Kms. de testes quando ficaram fora da F1 após as suas estreias com a Minardi (Alonso) e a Sauber (Massa).

  2. Reinaldo Marques Jr. disse:

    O caso de tal Vitantonio Liuzzi é um exemplo claro do que vem sendo a F1. Um piloto que não possui nenhuma qualidade técnica mas, levou consigo um aporte financeiro que o faz se manter na categoria. Notadamente é um zé-arruela que desde que entrou na F1 não apresentou nada que preste e ainda fica colocando banca como se fosse um piloto top. Enquanto isso, pilotos que mostram qualidades técnicas ficam fora da categoria, por não possuírem a grana que os pagantes têm.
    Mas….isso é a decadente F1….tipo um protíbulo, só que de luxo….quem paga, leva!

    • Felipe Paranhos disse:

      Desculpa, Reinaldo, mas discordo. Liuzzi nunca foi um pagante desse tipo. Ele é titular hoje porque se aproveitou de um bom contrato quando a Force India não era mais do que a pior equipe da F1. E porque a equipe achava que, sendo ele um cara experiente, pudesse trazer algo pelo time. Mas que ele não mostrou nada, é fato.

  3. Dionisio disse:

    De perto ele é muito feio. Pode sair.

    • Olegário disse:

      Parece que a parte de cima da cabeça dele é muito maior que a de baixo… tipo uma testa maior que a do Massa (Pós-Mola)

  4. Henry disse:

    É como o Felipe comentou: foi bem em algumas categorias; não na F-1. Zonta foi campeão da F3000, assim como Bourdais, Bruno Junqueira, Badoer, Modena, Moreno e outros. Certamente são bons pilotos. Não deram certo na F-1. Deram certo em outras. (No caso do Junqueira sequer foi titular da F-1).

  5. Pablo disse:

    Ele teve até um bom momento no começo 2010 quando conseguiu fazer uns pontinhos, mas depois “sumiu” e foi “engolido” na equipe pelo Sutil, tendo apenas alguns lapsos de bom rendimento como na Coréia do Sul.
    Agora ele tá só se baseando pelo contrato que tem com a Force India (o que não quer dizer muita coisa) e ele vendo que a pressão/lobby pelo Di Resta é grande e que ainda tem o Hulkenberg brigando pela vaga, sou um dos poucos que acham que ele devia ter uma ultima chance, mas acho realmente que ele tem que ver outras possibilidades além da F1

  6. Daniel Amorim disse:

    ué, ainda que não tenha feito muita coisa e feito menos pontos que o companheiro de equipe, fato é que, se ele tem contrato por dois anos, que cumpram, uai…todo contrato é um risco, se havia o risco de ele ir mal, que assinassem por um ano só…tá certo de bater o pé…ou que paguem a rescisão

  7. Pry disse:

    “e ninguém que não bebeu dois litros de absinto liberaria o Sutil pra ficar com o italiano.”

    Chorei de rir com essa frase. Realmente, abrir mão de um piloto que mostra resultados e tem muito potencial pra dar emprego pro Liuzzi é palitar o olho.

  8. Olegário disse:

    A gente falando do Liuzzi sair e eis que num dantesco arroubo vindo das profundezas do Tártaro da F-1, Narain Karthikeyan anuncia que volta em 2011 pela sempre adorável Hispânia…

    Me divirto muito com pilotos ruins… (desculpa a honestidade galera, mas) independente do talento que tem, o Sutil e o Rosberg são muito chatos… prefiro um “Bagulho” como o Liuzzi no Grid… ao menos ele vira um fator de desequilíbrio:

    ” – É galvão, mas o Massa tá largando do Lado do Liuzzi, que se acidentou nas últimas três largadas… então nunca se sabe…”

    é tipo, o que mudava os resultados de 2010 eram a chuva, os peneus e o Liuzzi na largada…

    • Felipe Paranhos disse:

      Pior que é verdade, acho que pouca coisa me deixaria mais surpreso do que a volta do Karthikeyan.

  9. Paulo disse:

    Acho que deve se dar um crédito ao desempenho ruim dele em relação ao Sutil o fato da FI não conseguir dar o mesmo equipamento aos dois.
    Que ele fez umas bobagens, realmente fez, mas é mais facil julgar o desempenho dele lá dentro. E se não tivesse o novo queridinho dos ingleses ali na bica para assumir ninguém estaria querendo colocá-lo porta fora da equipe.

  10. dinga boys disse:

    o cara é ruim, mas se Di Resta fosse fantástico, já teria chegado antes (vide ex. Paffet). O fato é que a safra tá uma merda. Eu deixaria o Instável Hulk, que pelo menos ganhou por onde passou, acelera e ainda tem muito tempo pela frente para provar a que veio.

    Pagantes ou não, a F1 tá na entressafra. Tem espaçø pra Schummy aposentado, Maldonado na Williams, Senna, Di Grassi, Ambrosio (um matando o outro), Kovalainen, Liuzzi, Narain, se bobear vão chamar Burti, Pizzonia, etc.

    Os próximos Hamiltons e Vettels ainda não sairam das fraldas.

  11. dinga boys disse:

    Completando: F1 é para 4 ou 5 fodões, 5 ou 6 com 3 bolas e uma galera randômica para completar o grid. E o grid atual é muito bom, nesse aspecto, é bom pra cacete.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo