Publicidade

Publicidade
19/05/2011 - 15:38

Futuro em azul e grená

Compartilhe: Twitter

FELIPE PARANHOS [@felipeparanhos]
de Salvador

Empresário comandando equipe de futebol na Inglaterra não é lá uma coisa que costuma dar certo. Apesar de o Manchester United continuar no topo do esporte inglês — e europeu, já que está na final da Liga dos Campeões da Europa —, Malcolm Glazer, dono do clube, enfrenta a rejeição da torcida, que aparece com cachecóis verde-amarelos — cores do Manchester em suas origens — até mesmo em finais de campeonato.

Frustrados com a perda da identidade do clube e revoltados com o aumento das dívidas, torcedores do MU formaram o FC United of Manchester, equipe que disputa a sétima divisão.

Antes que vocês estranhem muito o fato de eu estar falando de futebol aqui, explico: o West Ham, equipe inglesa que acaba de ser rebaixada à Segunda Divisão inglesa, está na mira de Tony Fernandes, dono da equipe Lotus de F1.

Neste caso, provavelmente, os torcedores do time azul e grená não devem ter do que reclamar. Além de muito, muito rico, Fernandes é muito, muito fã do West Ham. Tuíta mais sobre os jogos do time do que sobre a Lotus, pra ser mais claro.

No ano passado, o clube teve 61,2% de suas ações compradas por David Sullivan e David Gold. Fernandes teve rejeitada uma proposta para adquirir o clube por inteiro. A outra parte do clube é de propriedade de um grupo islandês de investimentos, que passou a vender as ações quando o país quebrou com a crise financeira internacional do fim da década passada.

No último fim de semana, quando o West Ham teve o rebaixamento confirmado, Tony bradou no Twitter. “Gutted [expressão em inglês que equivaleria a “em minhas tripas”, “em vísceras” “eviscerado”] por ver o West Ham rebaixado. Como você vai de 2 a 0 para uma derrota por 3 a 2? Se os torcedores quiserem que eu me envolva, eu vou fazer isso. [O West Ham] é um grande clube e nós, torcedores, já sofremos demais.”

A fortuna de Fernandes está estimada em US$ 330 milhões.

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , ,

Ver todas as notas

10 comentários para “Futuro em azul e grená”

  1. Danilo Candido disse:

    Então, caso realmente perca o direito de uso do nome Lotus, poderíamos ter uma equipe “West Ham GP” na F1 ? Tomara que não, preferiria o uso do nome Caterham…

    • Felipe Paranhos disse:

      hahaha, se o Fernandes perder o nome Lotus, vai ser Caterham ou Air Asia. A lógica é que seja a primeira opção, que ele deve utilizar em sua equipe da GP2, cujo nome é o de sua companhia aérea. Ou, quem sabe, Tune, que é o nome do grupo que gerencia todas as suas empresas. Tune F1 Team eu acho bom.

  2. Renato disse:

    Bem que o Steve Harris poderia entrar nisso. Nunca vi dois fãs tão declarados dos Hammers quanto Tony Fernandes e Steve Harris.

  3. Rui disse:

    Paranhos,
    Deve ser um pouco mais! Pois US$ 330 milhões não é lá essas coisas para um brinquedo caro como a F1 e as transferências de jogadores.
    Até porque F1 e Futebol não é investimento, é despesa e bota despesa nisso!
    Abraços

    • Felipe Paranhos disse:

      Eu acho que é dinheiro livre de empresas, Rui. Acredito que isso seja o que ele tem pessoalmente, sem contar o valor de suas empresas. Até porque o Tune Group é enorme, vale coisa de bilhão.

  4. Danilo Candido disse:

    Tune F1 Team ? Então teremos mais uma sigla para a Globo (digo RGT): TFT !!!

  5. Marques disse:

    Ai eu me pergunto, se ele tem tanto dinheiro, porque não faz um carro que preste?

    Eu me irrito com essas coisas, igual ao Richard Branson, pô, o cara tem uma fortuna na mão e uma inhaca de um carro, e não investe..

    fico de cara..

    • Felipe Paranhos disse:

      Porque não é assim fácil e porque ele não vai jogar fora 30 anos de trabalho em um carro de F1. A Toyota botava mais de US$ 1 bi por ano e nunca conseguiu fazer um carro que preste, tentando de tudo. A Lotus é nitidamente uma equipe em ascensão, a Marussia Virgin é que não é. E não se engane, o Branson não manda mais em nada lá. Quem domina é a Marussia agora.

  6. JULIANO COMMANDER disse:

    acho que a fortuna dele nao é só isso nao eim! deve ser bem mais aliás

    • Felipe Paranhos disse:

      Sim, com certeza é. Como disse a esse leitor aí de baixo, acho que essa quantia se refere só ao dinheiro fora dos investimentos, fortuna pessoal mesmo. Sò pode ser.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo