Publicidade

Publicidade

Arquivo da Categoria Kimi Raikkonen

12/05/2009 - 12:37

Humilhados e ofendidos*

Compartilhe: Twitter

Não me surpreendi em nada ao ver as declarações de Kimi Raikkonen feitas à BBC durante o GP da Espanha. O finlandês disse que a F1 que se desenha para 2010 “não é a F1 de verdade” e que pode pensar em parar após o término do seu contrato com a Ferrari. Mas parece que há algo mais do que isso por trás — e eu vou me meter a psicólogo para fazer uma comparaçãozinha barata.

Kimi cansou. Simples assim.

Sei que isso não é inédito, não descobri a América de bicicleta e o próprio já deu declarações que levavam a entender isso. Mas parece que a paciência dele se esgotou completamente, e ele está louco para fazer algo diferente da badalação e glamour que cercam seus finais de semana desde 2001.

O que me leva a Adriano. Assim como Raikkonen, o atacante do Flamengo também surgiu como um meteoro e logo mostrou força para pintar entre os grandes nomes da sua geração. Porém, depois de um dado momento, aconteceu uma ruptura — e a partir daí a brincadeira começou a perder a graça.

Para Adriano, parece ter sido aquele 2004-05 fenomenal, com 250 gols pela Internazionale. Para Kimi, o título mundial de 2007. O brasileiro surtou, pediu para parar e deu um chapéu em todo mundo ao anunciar seu retorno aos gramados pelo Flamengo. Quem sabe o futuro não reserve nada melhor a Kimi com alguns ralis perdidos na Finlândia?

Se servir para trazer a felicidade de volta, é mais do que válido.

*Obs.: o título é uma homenagem ao texto primoroso do maior torcedor do Vitória sobre as dez grandes derrotas da história rubro-negra

Autor: - Categoria(s): Kimi Raikkonen Tags: ,
Voltar ao topo