Publicidade

Publicidade

02/03/2010 - 13:53

E agora, emissora?

Compartilhe: Twitter

Logos Equipes

Felipe Paranhos

Vamos lá: a emissora tem o hábito de inventar nomes para equipes esportivas. Faz assim no voleibol chamando-as por nomes de cidades, embora isso seja muito pouco relevante no vôlei, bancado quase totalmente por patrocinadores. Já faz no futebol, nomeando, por exemplo, o Pão de Açúcar Esporte Clube pelo pomposo nome de PAEC.

E, como vocês sabem, faz isso na F1.

A emissora mudou, primeiro, o nome da Red Bull e da Toro Rosso, que viraram siglas exóticas. Agora, teve a brilhante ideia de fingir que a Virgin não se chama Virgin.

A Campos mudou de dono e, agora, é de José Ramón Carabante. E deve se chamar Hispania Racing F1, replicação do nome do grupo de investimentos imobiliários cujo proprietário é o espanhol. Trata-se do mesmo caso de Red Bull, Toro Rosso e Virgin. O que vão inventar? HRF1? Ou vão chamar de Campos mesmo, numa clara incongruência?

Imagina se o Bruno Senna corre lá, levado a níveis infinitos de pachequismo pelos de sempre, e tendo o nome de sua equipe falado de maneira errada o ano inteiro…

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , , ,
Voltar ao topo