Publicidade

Publicidade

30/06/2011 - 13:35

Buemi, Alguersuari e imprensa: quanta bobagem

Compartilhe: Twitter


Felipe Paranhos

Este noticiário da F1, sempre se alimentando de histórias absurdas e presepadas repercutidas pela imprensa. A mais recente é essa briga Alguersuari x Buemi pela vaga restante na Toro Rosso — a outra vai ser de Daniel Ricciardo em 2012, até Felipe Giacomelli sabe disso. Ok, existe mesmo uma pressão, uma tensão. Mas daí a ficar especulando quem vai sair a cada GP…

Tá lá no AS, jornal que tem seu valor, mas que dá muitas notícias mequetrefes, notadamente exaltando os clubes de futebol e esportistas espanhóis em geral: Alguersuari deixa Buemi no abismo. Por abismo entenda 8 a 8 pontos no Mundial de Pilotos.

Até agora, na temporada, Alguersuari não ficou nenhuma vez à frente de Buemi no campeonato. Os primeiros pontos — quatro — de Jaime vieram no Canadá, quando Buemi já havia marcado seus oito. Agora, em Valência, corrida totalmente atípica, chata e sem ultrapassagens, o espanhol foi eliminado no Q1 da classificação, mas teve a seu favor uma estratégia de uma parada a menos, que deu certo.

Se formos contar do ano passado pra cá, Buemi, que não é lá esse piloto todo, tem 16 pontos contra 13 de Alguersuari. A menos que as coisas mudem daqui pra frente, não há motivo para que seja Buemi o escolhido para sair. Mas a minha impressão é a de que Jaime tem um lobby muito maior a seu favor.

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , ,
15/04/2011 - 19:08

Continuem de olho

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

Cesar Ramos foi o mais rápido do dia na sexta-feira de treinos livres em Aragón. O brasileiro formou a dobradinha da Fortec com Alexander Rossi, segundo colocado à tarde, mesmo período em que o gaúcho de Novo Hamburgo conquistou sua ótima volta em 1min43s333, exatamente 0s001 mais rápido do que o norte-americano, que fora segundo também pela manhã. No treino matutino, com a pista mais lenta, Ramos foi o 13º.

O terceiro foi Albert Costa, da Epic. Daniil Move, que deixou a Mofaz — Junior Lotus do Tony Fernandes — para correr na P1, iniciou bem o fim de semana, ficando no top-5 nas duas sessões.

Semanas atrás, disse aqui que achava grandes as chances de Cesar disputar o título. Continuo acreditando nisso. O favorito disparado é Daniel Ricciardo, da ISR, vice-campeão no ano passado e piloto de testes da Toro Rosso. Só que, assim como acontece neste fim de semana,  o australiano terá de pilotar o carro de F1 na sexta-feira de treinos em mais duas ocasiões nesta temporada.

Se Ramos for sólido durante o campeonato, portanto, fica mais fácil a missão de superar Ricciardo, mais experiente e numa equipe mais forte do que a Fortec do brasileiro.

Falando na ISR, o time de Ricciardo começou mal o fim de semana. Conforme dito na apresentação do campeonato que fiz com o Felipe Giacomelli, do ótimo World of Motorsport, a equipe anunciou uma dupla e estreou em 2011 sem ela: Daniel está na China com a F1 e Dean Stoneman, atual campeão da F2, abandonou o campeonato antes mesmo da pré-temporada por conta de um câncer nos testículos. Lewis Williamson e Nathanaël Berthon, substitutos, não têm a mesma qualidade.

O outro brasileiro da categoria, André Negrão, também iniciou forte a abertura do campeonato. O primo de Xandinho, ex-piloto da GP2, atualmente na Stock Car, superou o companheiro de Draco Stéphane Richelmi no acumulado dos tempos. E é essa a verdadeira disputa do piloto de 18 anos. Richelmi, três anos mais velho, vem do vice-campeonato da F3 Italiana — perdeu para Cesar Ramos —, então superá-lo na temporada será como um título para o paulista.

E atenção: amanhã, às 9h, o Bandsports transmite a primeira corrida da categoria. No domingo, o mesmo.

Atualização: Ramos teve problemas na primeira corrida, terminando em 23º.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags: , , , , ,
Voltar ao topo