Publicidade

Publicidade

17/07/2009 - 14:22

Villeneuve é um cara "gente boa", segundo Cacá

Compartilhe: Twitter

Criaram uma imagem de que Jacques Villeneuve era um chato de galocha, arrogante, prepotente, que brigava com todo mundo e não dava bola para ninguém. O famoso Zé Mané. Talvez seja o ambiente agradável em Interlagos, sem aquela competitividade insana da F1. Talvez seja tudo mentira, o que falaram dele. Porque uma pessoa que esteve muito próxima dele passou ao Grande Prêmio uma imagem completamente diferente. Em conversa com o GP, Cacá Bueno relatou o convívio que teve até agora com o canadense, seu companheiro de equipe na etapa brasileira da Top Race V6. Palavras do brasileiro: trata-se de um cara bem simpatico, bem gente boa.

“Tive uma reunião com ele, depois ficamos batendo um papo no nosso motorhome”, disse Cacá, que almoçou com Villeneuve. Segundo o piloto da Red Bull na Stock Car, o campeão mundial de F1 provou a tradicional comida brasileira. Pelo jeito, gostou muito, porque o deixou de bom humor. “A gente conversou sobre futebol, noitadas, hóquei no gelo, sobre as cidades em que nós moramos, ele no Canadá, eu no Rio, ficamos batendo um papo bem legal”, falou Bueno.

Os elogios de Cacá a Villeneuve não pararam por aí, desmistificando tudo o que foi dito nesses últimos anos. “Sempre falaram que ele era muito antipático, que era difícil. Nada disso. Pelo menos, comigo”, afirmou. “É um cara sorridente, descontraído.”

Para o bicampeão da Stock Car, o que pode ter acontecido é que o ambiente da F1, conhecido por não ser muito amistoso, talvez tenha criado um personagem que não existe. O real Jacques, pelo relato de Cacá, é um cara brincalhão, que faz piadas com aquele que acabou de conhecer. “A gente estava falando sobre Stock Car e Top Race. Quando falei da Stock, ele disse que conhecia um pouco. Falei que ele deveria andar um pouco de Stock. Respondeu dizendo que era muito rápido para ele, brincando. Pô, um cara que andou na Indy a 400 km/h”, comentou Bueno, aos risos.

E de uma conversa bem descontraída, bem que poderia sair algumas inconfidências. O Grande Prêmio perguntou: Villeneuve falou alguma coisa sobre F1, se vai voltar? “Não falamos sobre F1. Pareceu para mim que ele quer demonstrar que está bem por aqui, tipo ‘deixa fazer minhas brincadeiras’. Já vi declarações indicando que ele quer voltar, mas, na conversa, não mostrou nada disso, não”, finalizou.

Marcus Lellis

Autor: - Categoria(s): Geral, Jacques Villeneuve, Top Race V6 Tags: , , , ,
Voltar ao topo