Publicidade

Publicidade

26/11/2009 - 21:37

A chance de JR

Compartilhe: Twitter

02DH5413-6642

Felipe Paranhos

Fui mais um a ficar surpreso com a escolha da Force India para os testes coletivos em Jerez de la Frontera, nos três primeiros dias de dezembro. Todos esperavam a convocação de Karun Chandhok e Neel Jani, que têm estreitas ligações com a Índia. A equipe de Vijay Mallya preferiu Paul Di Resta e JR Hildebrand, que, segundo o dirigente, tiveram desempenho “incrível” nos simuladores da McLaren. E, convenhamos, fez bem.

Dizer que Hildebrand tem a chance mais importante de sua carreira parece óbvio. Mais do que um teste em uma equipe de F1, entretanto, o atual campeão da Indy Lights tem a oportunidade de se firmar como piloto de nível mundial. As quatro vitórias do norte-americano nesta temporada foram em circuitos mistos: Long Beach, Watkins Glen, Edmonton e Sonoma.

Ainda que nove das 17 etapas da Indy de 2010 sejam em mistos, gostaria de ver Hildebrand competindo contra os pilotos europeus, que têm uma formação mais forte em circuitos não-ovais. Mas, evidentemente, JR terá muitas dificuldades com o carro da Force India, sobretudo pela diferença de potência entre os carros da Lights e da F1.

Mas o rapaz é talentoso, acho que vai vingar. Mesmo que não brilhe nos testes coletivos — o que é mais provável. A propósito, me respondam: tem alguém da Indy ou da Indy Lights que vocês queiram ver na F1?

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , ,
Voltar ao topo