Publicidade

Publicidade

25/01/2010 - 21:40

Tudo igual

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

A pedidos, o capacete do Nico, que não mudou nada, só patrocinadores.

CapaceteNico

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , ,
23/11/2009 - 12:57

Nico: meta é ser líder na Mercedes em 2010

Compartilhe: Twitter

Continuando com a saga das notícias publicadas no blog…

Confirmado como piloto da Mercedes em 2010, Nico Rosberg está ambicioso. Em entrevista à revista “Autosport” após o anúncio de sua contratação, o alemão afirmou estar confiante no carro da equipe para a próxima temporada e disse que não se preocupa com quem será seu companheiro, apesar dos rumores envolvendo o nome de Michael Schumacher.

“Minha meta é muito alta. Quero vencer corridas pelo menos. Depois, vamos ver. Precisamos esperar alguns meses para ver como o carro estará, mas estou confiante de que teremos um pacote forte”, declarou. Nesta temporada, Nico terminou o Mundial de Pilotos em sétimo, com 34,5 pontos. Seu companheiro, Kazuki Nakajima, acabou o ano zerado.

O alemão se mostrou muito feliz em fazer história na Mercedes. “É incrível. É, definitivamente, uma coisa muito especial. A última vez que um alemão pilotou uma Flecha de Prata foi em 1955, muito tempo atrás. Já estava na hora de um alemão estar na Flecha de Prata novamente.”

“Ser líder de uma equipe é algo que eu realmente gostaria de me transformar. Vou lutar para atingir este status, trabalhando com a equipe, ganhando o respeito dela. Quero me tornar um líder tomando o rumo técnico e com resultados na pista”, continuou.

Provável rival de Lewis Hamilton e Jenson Button na luta pelo título de 2010, Nico não quis dizer quem será melhor na McLaren. “É difícil dizer. Vamos ver no ano que vem, quando estarão um contra o outro. Não tenho certeza. Já corri contra Lewis e posso dizer que é um grande piloto. Jenson é mais difícil de julgar, mas, certamente, é um piloto fantástico”, disse.

Rosberg afirmou que o fato de a Brawn ter se tornado uma equipe de montadora foi “um fator importante” em sua decisão. A possibilidade de competir ao lado de Schumacher, entretanto, não foi comentada. “Não gostaria de falar sobre isso, me desculpe. Não me preocupo com quem será meu parceiro na equipe. O importante é que ele se encaixe bem no grupo para que possamos nos dedicar à Mercedes.”

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , ,
23/11/2009 - 11:20

Mercedes contrata Rosberg para temporada 2010

Compartilhe: Twitter

Pessoal, estamos com problemas técnicos no site. Enquanto isso, vamos publicando as notícias aqui. Vocês não ligam, né? =) – Felipe Paranhos

[Nota escrita por Francisco Luz]

A surpresa que a Mercedes prometeu para 2010 ainda não veio. Afinal, o anúncio de Nico Rosberg como primeiro nome confirmado do time alemão, feito nesta segunda-feira (23), era mais do que esperado: o piloto vinha sendo cogitado antes mesmo que a montadora assumisse o controle da Brawn. Nico foi anunciado em uma entrevista coletiva que contou com as presenças de Norbert Haug e Nick Fry e se disse “muito feliz” com a mudança, após quatro anos de Williams.

“Estou realmente muito feliz de fazer parte do relançamento das Flechas Prateadas em 2010 como piloto da Mercedes. Nenhuma outra marca na F1 pode olhar para um passado tão grande e bem-sucedido como eles. Por isso, estou muito orgulhoso por poder pilotar para a Mercedes e trabalhar com Ross Brawn, e mal posso esperar para começar a testar o novo carro e participar da primeira corrida da próxima temporada”, declarou Rosberg.

Brawn, por sua vez, lembrou do período em que trabalhou com Keke Rosberg, pai de Nico, para elogiar o alemão na sua chegada. “Estamos muito satisfeitos de poder contar com Nico na Mercedes, e ansiosos por começar a trabalhar com ele. Nico é muito talentoso e, com quatro anos de experiência na F1, vai poder contribuir de maneira valiosa com o time. Tive o prazer de trabalhar com seu pai Keke e é ótimo vê-lo seguindo seus passos, e esperamos ver o desenvolvimento dele como piloto após ter tido sua melhor temporada da carreira em 2009.”

Já Haug disse que era “óbvio desde sempre” que Rosberg era um piloto talentoso. “Eu o vi pilotando karts junto com Lewis Hamilton e, depois, nas categorias que correm junto com o DTM. Conheço-o desde pequeno e, logo de cara, dava para perceber que era óbvio que ele seria um piloto. Por isso, estamos muito felizes de recebê-lo na Mercedes. Nico é um piloto ambicioso, assim como nós, e juntos queremos e vamos conseguir algo grande”, disse o dirigente.

A escuderia não anunciou quem será seu companheiro de time. Nick Heidfeld aparece como um nome forte, mas a surpresa prometida por Haug pode ser até mesmo Michael Schumacher, que se reuniu com a direção alemã durante o GP de Abu Dhabi, última prova de 2009.

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , ,
09/09/2009 - 13:45

A bola da vez

Compartilhe: Twitter

Nico Rosberg está, finalmente, recebendo a atenção que merece para 2010. Ou, ao menos, é o que se entende ao ler o noticiário de hoje. Brawn e McLaren, nada mal.

E, afinal, Nico vem confirmando – ao menos na opinião deste pobre escriba – tudo aquilo que prometeu mostrar nos últimos anos. Mesmo com os dois pódios da temporada passada, seu campeonato de 2008 foi mais fraco do que o de 2007, principalmente devido ao péssimo carro que a Williams preparou então. Mas, agora, a coisa mudou, e o fato de estar marcando pontos seguidamente comprova isso.

Mas também evidencia, escancara e chuta o balde para algo que todos estamos carecas de saber, e que eu ainda lamento muito: o fim de feira da Williams. Rosberg, no seu auge, e com a chance de ser um dos bons pilotos do Mundial de 2010, não vai ter a chance de ganhar uma prova para o velho time de Grove. E, no auge, ele deve ser trocado por um piloto que mostrou claramente não ter condições de guiar em alto nível – Heikki Kovalainen.

O que é uma pena. Eu me criei vendo a Williams grande, disputando títulos com Hill e Villeneuve e, depois, com o Montoya, sem falar da história que precedeu o “meu” período, quando Piquet, Mansell e Prost levaram suas taças ao lado do velho Frank.

E o pior é que existe esperança, mas provavelmente por pouco tempo. Se Nico Hülkenberg for mesmo confirmado como titular, como aparenta, vai ser outro a dar o fora em busca um time vencedor assim que for possível. Triste, isso.

E, no clima de chuva que assola Novo Hamburgo há quatro dias, vou chutar o balde com a escolha musical de hoje. Não fujam daqui:


bon-jovi-always
Enviado por bonitao224. –

Solando um requiém em air guitar,
Francisco Luz

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , ,
Voltar ao topo