Publicidade

Publicidade

18/02/2011 - 07:23

Sem audiência especial

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

Giedo van der Garde teve um motivo a mais para lamentar o cancelamento da etapa do Bahrein da GP2 Ásia: seu pai havia viajado até o Oriente Médio só para assisti-lo correr.

“Que falta de sorte”, disse o piloto em sua conta no Twitter. “Próxima vez, pai…”, acrescentou. Van der Garde lembrou da chegada planejada da F1 em breve, para os treinos coletivos do Carnaval e a abertura do campeonato, na semana seguinte. “Espero que as coisas se acalmem em algumas semanas”, falou.

Na verdade, escrevi isso para dizer que, se nada for anunciado a respeiro, a temporada da GP2 Ásia deve ficar só com a primeira etapa, de Abu Dhabi. Isso porque os dois outros GPs eram no Bahrein: neste fim de semana e nos dias 12 e 13 de março, como preliminar da F1. Se a corrida for cancelada, Jules Bianchi será decretado campeão após só duas provas.

Mas não creio que isso aconteça. As equipes investem uma grana grande e os pilotos também. De qualquer forma, a organização da categoria tem um desafio para dar um jeito no calendário.

Autor: - Categoria(s): GP2 Tags: , , , , ,
Voltar ao topo