Publicidade

Publicidade

06/03/2011 - 16:11

Round 1… Fight!

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

Vou entrar na seara (rapaz, sempre sonhei em usar seara num texto sem falar daquela fabricante de rangos) do meu bróder Felipe Giacomelli e comentar o episódio que envolveu Robby Gordon e Kevin Conway neste fim de semana. Apesar de a Nascar ter divulgado que houve um desentendimento entre os dois na área das garagens, o fato de ter punido o velho Robby com uma advertência — uma ‘liberdade condicional’, em suma — indica que, sim, rolou uma porrada básica.

E aí eu me lembrei de outras pancadarias no automobilismo. Tem o clássico Piquet x Salazar, tem Paul Tracy entrando pra história ao brigar tanto com Sébastien Bourdais quanto com Alex Tagliani, como pode ser visto cá.

Na F1 também tem quase-vias-de-fato. Em 1998, durante o GP da Bélgica, David Coulthard jogou no lixo a corrida de Michael Schumacher, que ficou irritado e foi aos boxes da McLaren catar o escocês. Quaaase deu M.

Aaah, lembrei de mais uma. GP do Brasil de 2009, Trulli e Sutil saem na primeira volta. Depois, rolou dedo na cara. Em Abu Dhabi, essa discussão deveras interessante. Essas são as minhas confusões. Tem alguma porrada ou quase porrada marcante para vocês?

Autor: - Categoria(s): F1, Nascar Tags: , , , , , , ,
04/01/2011 - 09:22

Hummer salvo por um… Fiat 147

Compartilhe: Twitter

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]

O Rali Dacar é pródigo em histórias curiosas. E a edição de 2011 mal começou, mas já garantiu um episódio sensacional.

No caminho entre Córdoba e San Miguel de Tucumán, Robby Gordon perdeu o controle de seu imponente Hummer, que ao bater em uma enorme rocha, teve a suspensão dianteira danificada, ficando sem condições de trafegar, por estar preso à grande pedra. O norte-americano, que vinha numa boa oitava colocação, perdeu mais de 40 minutos tentando, sem sucesso, recolocar o veículo de volta à pista.

Para a sorte de Gordon, apareceu um prestativo espectador argentino, que colocou seu Fiat 147, da mesma cor do Hummer, à disposição para desatolar o carro do norte-americano. Ex-piloto da Indy e agora na Nascar, Robby manobrou o 147, que, com muita competência, conseguiu remover o milionário veículo laranja do local. 

Gordon finalmente conseguiu chegar a Tucumán, terminando a segunda especial do Dacar em 47º. E ele só continua na prova graças à ajuda salvadora do guerreiro Fiat 147.

Autor: - Categoria(s): Rali Tags: , , ,
Voltar ao topo