Publicidade

Publicidade

13/07/2010 - 12:23

Castigo de Creche

Compartilhe: Twitter

 

JOÃO PAULO BORGONOVE [@Borgo_]

Bruno Senna ficou de fora do GP da Inglaterra, disputado no último final de semana em Silverstone. Isso todos sabem. O que é um mistério até o presente momento é o motivo disso tudo.

Muitas especulações rondaram os sites e revistas especializados em automobilismo pelo mundo, mas um deles chamou a atenção. O alemão “Sport Bild”, tablóide famoso por seu sensacionalismo, “comprou a versão” de que Senna foi trocado por Sakon Yamamoto em Silverstone por ter enviado um e-mail por engano para Colin Kolles, chefe de equipe da Hispania.

Segundo a publicação, Senna fazia duras críticas ao romeno e sua forma de gerir a equipe. E Senna teria enviado, em um ato falho, uma cópia para Kolles. Resultado? O brasileiro teria sido punido pelas palavras, tendo sua vaga privada na Inglaterra.

Senna foi substituído de última hora, na quinta-feira anterior ao GP. O piloto já havia dado voltas na pista para reconhecer o novo traçado inglês, inclusive. Também participou de todos os eventos promocionais da equipe, que disse que o piloto volta ao carro na próxima etapa, em Hockenheim, na Alemanha.

Difícil de engolir uma história dessas, heim. Principalmente por haver um contrato entre as partes. Não é assim que as coisas funcionam. Uma equipe de F1 não é uma creche, onde castigos são aplicados como punição por mau comportamento. Se for, a coisa está realmente muito feia na Hispania.

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , , ,
Voltar ao topo