Publicidade

Publicidade

13/02/2011 - 10:52

Um Abu Dhabi diferente

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

Eu acho o circuito de Abu Dhabi uma aberração. Limitado pela área do hotel baseado na Marina de Yas, o traçado não possibilita ultrapassagens e produz deformidades como o Petrov segurar o Alonso uma corrida inteira tendo um carro bem mais lento e o Grosjean, na GP2, não conseguir sequer colocar o carro ao lado do Bianchi mesmo virando várias voltas mais rápidas.

Mas esse vídeo contradiz parte do que se diz sobre a pista. Na noite de ontem, depois da corrida da GP2 Àsia que deu a vitória a Stefano Coletti, James Courtney e Jason Bright, da V8 Supercars, travaram linda disputa nas últimas voltas, com algumas ultrapassagens entre si. Na F1, em 2009, Button e Webber também protagonizaram uma boa briga, mas, talvez por conta das condições da pista para monopostos, o inglês não conseguiu ultrapassar, mesmo tendo carro para isso.

O vídeo tem dez minutos, vale a pena ser visto inteiro. Além disso, é em HD, tá bonitão.

Autor: - Categoria(s): F1, GP2, V8 Supercars Tags: , , , , , , , ,
12/02/2011 - 09:58

Negócio

Compartilhe: Twitter

Felipe Paranhos

Que Abu Dhabi é um dos circuitos mais ridículos que conhecemos, todos sabem. E cada dia mais, todos sabem e deixam claro isso — inclusive os pilotos. Nesta sexta (10), na primeira corrida da GP2 Ásia no circuito emiratense, Jules Bianchi e Romain Grosjean poderiam ter travado uma disputa intensa, cheia de freadas e ultrapassagens. Mas o traçado lamentável, limitado pelo terreno do hotel da Marina de Yas, broxou qualquer pequena briga.

Não sei vocês, mas me entristece ver um piloto já dizer, no dia anterior, que não vai ter chance de fazer nada largando em oitavo porque não dá pra ultrapassar ninguém. E o pior: ele tem razão. Vejam as respostas de Jules e Romain na entrevista unilateral após a prova:

GP2 Ásia: E sobre amanhã??

Jules: Bem, não acho que seja possível ultrapassar. Temos um bom ritmo, mas… Veremos. Vou tentar largar bem e encerrar nos pontos. Vamos ver, tudo é possível.

GP2 Ásia: Romain, vi você balançar a cabeça quando Jules mencionou que ele não acha possível ultrapassar aqui.  Você confirmou isso hoje… [Grosjean foi o segundo colocado, mesmo tendo sido mais rápido do que Bianchi por boa parte da corrida]

Romain: Pergunte a Fernando [Alonso, que não passou Petrov na prova de encerramento da F1 ano passado] sobre isso (risos). Tentar ultrapassar aqui é um pesadelo. Além disso, não há mais a saia no carro, então, quando você perde pressão aerodinâmica, você gasta mais os pneus. Tivemos um ritmo melhor hoje, não pude mostrá-lo porque eu não pude passar Jules.

Autor: - Categoria(s): GP2 Tags: , , , , ,
Voltar ao topo