Publicidade

Publicidade

03/02/2010 - 14:50

O retorno ao habitat natural

Compartilhe: Twitter

Michael Schumacher voltou. Apesar de Fernando Alonso estrear na Ferrari em seu país, as atenções da mídia estão voltadas para o retorno do heptacampeão mundial. Todas as coletivas são muito disputadas, alguns jornalistas chegam a fazer plantão em frente à garagem da Mercedes. O alemão é uma espécie de “popstar” da F1.

Mas mesmo sendo “popstar”, Schumi deixou as regalias as quais teria direito de lado. Em vez de se hospedar em um hotel, está dormindo em um motorhome no circuito Ricardo Tormo, em Valência, na Espanha.

Por causa disso, houve uma pergunta bem interessante na entrevista feita nesta quarta (3), último dia de treinos coletivos, com o veterano. Questionaram: “Alguma coisa perturba seu sono de noite?”. A resposta não poderia ser mais sintomática. E que simboliza bem o momento de Schumi.

“Não, eu durmo realmente bem. Até mesmo quando os motores e os geradores estão ligados, eu durmo que nem um bebê. Então, é bom”, disse Michael.

Os motores não perturbam o alemão. Ele se sente muito bem ao lado deles. Schumacher está de volta ao seu habitat natural.

Marcus Lellis – @marcuslellis

Autor: - Categoria(s): F1 Tags: , , , , , , , ,
14/07/2009 - 16:43

Senna afasta retorno à GP2. Ele faz a coisa certa?

Compartilhe: Twitter

Em meio ao turbilhão em torno da possível saída de Nelsinho Piquet da Renault – que não se confirmou –, recebemos uma informação de que Bruno Senna poderia voltar à iSport e correr o restante da temporada da GP2.

Contatamos o piloto, que, através de sua assessoria de imprensa, afastou essa possibilidade. Disse que não há sentido em voltar à categoria nessa altura do campeonato, que já está em sua metade.

No ano passado, Lucas Di Grassi entrou na GP2 após a disputa de três etapas. Teve um desempenho incrível e foi o terceiro colocado na classificação geral. É preciso relatar que ele participou de oito provas – se voltasse agora, Senna só poderia correr em cinco.

Mesmo assim, fica a pergunta: se tivesse a oportunidade, Bruno deveria voltar à GP2?

Minha opinião: realmente, nessa altura do campeonato, não há mais nada a fazer. Com três equipes novas no ano que vem e a possibilidade de abertura de vagas nos times “experientes”, certamente Senna encontrará um espaço na F1. O que ele fizer neste ano não vai mudar a opinião de ninguém. Para o bem ou para o mal.

Marcus Lellis

Autor: - Categoria(s): GP2 Tags: , , , , ,
Voltar ao topo